Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

IV Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais tem início

IV Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais tem início

Desafios das empresas foram apresentados e grupos já começaram a trabalhar

 

4 workshop

 

O Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais chegou à sua quarta edição. De hoje, 16 de julho, até sexta-feira, 20, 130 participantes aceitaram o convite do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e irão trabalhar em problemas reais de cinco empresas brasileiras presentes ao evento neste ano, que é realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. São elas: B2W Digital (participando com dois problemas), Engie Brasil - Energia, LNLS - Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, Raízen e Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.

No primeiro dia de atividades os representantes destas empresas apresentaram os problemas técnicos comentando os desafios e resultados esperados. Até a próxima sexta-feira, os grupos que têm coordenação de pesquisadores do CEPID-CeMEAI, vão trabalhar em cada caso, apontando as melhores soluções diante de problemas complexos e que impactam diretamente em várias áreas do mercado brasileiro tais como a resolução de falhas de plantio de cana-de-açúcar, melhorias na previsão de arrecadação do ICMC em SP ou rotas otimizadas e custos menores para operações de entregas de sites de vendas, entre outros.

O diretor do CEPID- CeMEAI José Alberto Cuminato lembrou que essa diversidade de problemas permite que os participantes atuem em áreas que não estariam habitualmente nas universidades que representam. “Este é um modelo de workshop onde todos deixam de ser passivos para serem ativos o tempo todo. Corremos contra o tempo para apresentar a evolução dos problemas, seus relatórios e prestação de contas às empresas e órgãos financiadores”, disse.

Taciana Oliveira Shimizu é aluna de doutorado em Estatística do ICMC e participa desde a primeira edição do workshop. “Eu fui gostando da dinâmica do evento e ele tem se tornado uma rotina pra mim”, disse. “Contribui porque a gente verifica os resultados em uma semana e temos acesso a dados que dificilmente encontraríamos e podemos aplicar depois na teoria do que estudamos o que aprendemos aqui”.

Já para Gabriela Iunes Depetri, pós- doutorado em Matemática Aplicada disse que se interessou pela oportunidade de sair um pouco da parte teórica. “É uma oportunidade de saber quais os reais problemas da indústria e como as minhas habilidades se aplicam, não necessariamente sendo a minha área de atuação, mas sei que posso contribuir e aprender”, comentou.

Ao final do workshop os grupos apresentarão os resultados obtidos, mostrando o progresso realizado e sugerindo para as empresas quais os melhores caminhos a serem trilhados para avançar na solução dos problemas apresentados.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quinta, 19 Julho 2018 17:22