Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

A matemática que traz resultados para indústrias de móveis

A matemática que traz resultados para indústrias de móveis

Pesquisa auxilia no problema de corte e aproveitamento dos painéis de madeira

 

Um dos problemas operacionais das empresas de pequeno e médio porte fabricantes de móveis é o corte de painéis retangulares de madeira mantidos em estoques em retângulos menores de acordo com uma demanda pré-especificada, um problema conhecido como o problema do corte de estoque bidimensional.

O tema foi atacado pela pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) Maria do Socorro Nogueira Rangel, do Departamento de Matemática Aplicada da Unesp de São José do Rio Preto. Ela coordena uma pesquisa que visa contribuir com a iniciativa de aumentar a produtividade e a qualidade da indústria moveleira.

Para chegar até o modelo que apresentasse as melhores soluções foram analisados padrões de corte adotados pela fábrica que participou da pesquisa e foi proposto um algoritmo para a geração de um conjunto de padrões de corte, mesclando adaptações a procedimentos clássicos da literatura com soluções novas e inovadoras.

Uma versão web do sistema já está em funcionamento e pode ser acessado de forma pública neste link.

“Testes apontaram economia por produto de até 3% nos cortes, no entanto, o que queremos é facilitar o processo de decisão destas empresa no que se refere ao problema de otimização combinatória porque o número de soluções possíveis é muito alto. Estas decisões muitas vezes são feitas de forma manual e o sistema contribui com mais agilidade e soluções eficientes”, comentou a pesquisadora.

Assista também ao vídeo sobre a pesquisa:

 

A matemática que traz resultados para indústrias de móveis

As pequenas e médias empresas que fabricam móveis geralmente encaram um problema operacional no processo: cortar os painéis retangulares de madeira em retângulos menores, de acordo com a demanda. Uma pesquisa coordenada por uma pesquisadora do CEPID - CeMEAI busca aumentar a produtividade e a qualidade desse setor da indústria. Conheça o trabalho: https://goo.gl/JfRQNW

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quinta-feira, 2 de agosto de 2018

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quinta, 02 Agosto 2018 20:08