Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Palestra discutirá stents farmacológicos

Palestra discutirá stents farmacológicos

Norberto Mangiavacchi, da UERJ, apresentará evento no ICMC/USP

 

norberto169

 

Com o título “Simulação numérica de escoamento e transporte em stents farmacológicos”, o prof. Norberto Mangiavacchi, da UERJ, proferirá palestra nesta quarta-feira, 27 de fevereiro, a partir das 14h30 na sala 4-112 (Sala da Congregação do ICMC/USP).

Os interessados poderão comparecer sem necessidade de prévia inscrição. O convite partiu do pesquisador do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) Fabricio Simeoni de Sousa. Segundo ele, Norberto Mangiavacchi coordena no Rio de Janeiro o Grupo Gesar, ligado à UERJ, Grupo de estudos e simulações em reservatórios.

“O infarto agudo do miocárdio e a doença arterial coronariana (DAC) são os principais causadores de mortes em países da América do Sul. A DAC decorre do bloqueio arterial (estenose) em virtude da formação de ateromas (placas de gordura que se instalam nas paredes arteriais) que dificultam o livre escoamento do sangue pelo lúmen arterial. O stent é um dispositivo projetado para funcionar como uma malha, a qual, após se expandir, força a abertura do lúmen arterial ocluso pelas placas de gordura e libera o fluxo sanguíneo. Ao longo dos anos, pesquisadores têm se dedicado ao projeto de uma nova geração de stents que se adapte ao organismo de indivíduos que sofram de problemas do coração”, explica o palestrante.

Nesta palestra é apresentada uma metodologia desenvolvida para a simulação do transporte de fármacos no revestimento polimérico do stent, no lúmen e na parede arterial. Os modelos empregados para a dissolução do fármaco no polímero, e ligação em receptores específicos e não específicos na parede arterial são apresentados. O efeito da anisotropia na difusão do fármaco é mostrado, destacando a importância de se modelar de forma apropriada a orientação das fibras do tecido arterial e consequentemente, a anisotropia do tensor difusão nos tecidos da artéria deformados pela inserção do stent.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Terça, 26 Fevereiro 2019 18:50