Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Workshop reúne especialistas em simulações para reservatórios de petróleo

Workshop reúne especialistas em simulações para reservatórios de petróleo

Evento faz parte de colaboração entre CeMEAI e Petrobras

 

workshop petrobras

 

Nesta semana, pesquisadores de várias instituições se reuniram no workshop “Métodos multiescala para simulação numérica de reservatórios de petróleo” para apresentarem a evolução dos trabalhos que têm desenvolvido na área.

O evento é anual e foi realizado entre terça e quarta-feira no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. As atividades fazem parte de um convênio entre o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e a Petrobras.

O convênio é voltado para o desenvolvimento de novos métodos computacionais para a simulação da produção de petróleo nos campos do pré-sal brasileiro. "Inicialmente, o projeto tinha como objetivo resolver problemas com grande número de células. No caso do pré-sal brasileiro, é necessário estar preparado para enfrentar problemas com alguns bilhões de células. Agora, já estamos caminhando para um outro projeto, em que o desafio é aplicar as técnicas que foram desenvolvidas nos reservatórios do pré-sal que têm formações muito complexas, como túneis, por onde os fluidos transitam, e nesses casos a modelagem usual de reservatórios de petróleo e escoamento dos fluidos não se aplica", explica Luis Felipe Feres Pereira, professor da UT Dallas.

Os dois dias de evento somaram 13 apresentações, que incluíram membros da USP, da UNICAMP, do CENPES/Petrobras e do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC). 

"Esses projetos são de grande importância para nós. Os trabalhos apresentados aqui são excelentes, de alto nível, e atacam problemas reais da indústria. Estamos entrando no projeto porque estão surgindo novas demandas da Petrobras e vamos unir o conhecimento do LNCC com os das outras instituições para resolver esse problema mais específico" comenta Marcio Borges, pesquisador do LNCC.

“O evento foi muito produtivo. Foram dois dias de apresentações que foram muito bem recebidas pelo pessoal da Petrobras e provavelmente vamos firmar um acordo de renovação para esse projeto”, completa Fabrício Simeoni de Sousa, pesquisador do CeMEAI e coordenador do projeto. Além dele, representaram o Centro os pesquisadores Gustavo Buscaglia e Roberto Ausas.

“Durante esse período inicial de colaboração, os pesquisadores conseguiram resultados expressivos em relação a desempenho de simulação utilizando os métodos que eles desenvolveram. A ideia é desenvolver ainda mais essas técnicas para atender esse desafio da companhia. Estamos discutindo a renovação do projeto num escopo onde identificamos que o grupo é capacitado e competente para atender a nossa demanda”, finaliza Rafael Moraes, Engenheiro de Reservatórios da Petrobras.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quarta, 14 Agosto 2019 19:51