Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Eventos

ICMC oferece minicurso na área de detecção de anomalias

Apresentador será Dino Ienco, do Instituto Irstea

ienco

 

Na próxima sexta-feira (29), o professor Dino Ienco apresentará um minicurso no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Ienco é pesquisador do Instituto Irstea, de Montpellier, na França, e vem ao ICMC a convite do professor André Ferreira de Carvalho, professor do Instituto e pesquisador associado ao Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria, que apoia o evento.

O minicurso “Anomaly Detection” será ministrado no auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano, no bloco 6 do ICMC. A apresentação começará às 10h e terá duração de duas horas.

As inscrições custam cinco reais e podem ser feitas por meio de formulário no site do Instituto até a próxima quarta-feira (27). O pagamento deve ser efetuado na seção de eventos do ICMC.

 

Resumo

In this course I will introduce some basic concepts about the task of anomaly detection. A quick overview about the families of methods will be presented and common techniques that belong to the state of the art of anomaly detection will be described. At the same, I will depict the challenges and the current trend sin the field of outlier detection (subspace anomalies, graph anomalies, etc). In the second part of the talk I will discuss a recent approach we proposed [Ienco16], named SanDCat, that works in a semi-supervised way in order to detect anomalies given a training set composed by only "normal" examples. SanDCat is especially tailored to manage data represented by categorical and mixed (both numerical and categorical) attributes. In the talk I will also underline how the knowledge extracted by our anomaly detection method can be employed to explore and browse the dataset to characterize the highlighted anomalies.

Leonardo Zacarin – Comunicação CeMEAI

Mais informações

Seção de eventos do ICMC: (16) 3373-8914

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pesquisador do IBILCE ministra minicurso no ERMAC

Evento ocorre de 18 a 20 de abril em Bauru

 

silvio

 

A Unesp de Bauru sedia entre os dias 18 e 20 de abril o Encontro Regional de Matemática Aplicada e Computacional (ERMAC), um evento realizado pela Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC), em diversas regiões do país. E o CEPID-CeMEAI estará presente, por intermédio do pesquisador Silvio Alexandre de Araújo, do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP em São José do Rio Preto.

O minicurso, que será ministrado pelo pesquisador, trata de problemas que aparecem no contexto da cadeia de suprimentos que envolvem decisões de longo prazo (ex. instalação de facilidades); de médio prazo (ex. atribuição de produção a fábricas, transporte da produção das fábricas para armazéns); e de curto prazo (ex. decisões tomadas semanalmente, ou mesmo diariamente, a respeito da atribuição de produtos às máquinas e à programação da produção). “Em geral, ao se resolver esses problemas deseja-se utilizar os recursos disponíveis de forma racional buscando um alto índice de satisfação dos clientes a baixo custo”, explicou Silvio.

Entre os objetivos do ERMAC está a congregação de estudantes, profissionais e pesquisadores das várias áreas da tecnologia e ciência que utilizem a matemática como ferramenta de descrição de suas atividades, motivação das atividades de ensino, pesquisa e desenvolvimento da matemática aplicada e computacional.

Leia mais informações e saiba como participar no site do evento.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira – Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Workshop Internacional de Matemática Industrial será realizado em maio

Reunião do Conselho ICIAM será precedida por ciclo de palestras organizado pelo CeMEAI 

personal3

A reunião, que ocorrerá na Universidade de Campinas (Unicamp), no próximo mês de maio, no dia 7, será precedida por um workshop de dois dias (5 e 6), organizado pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID-CeMEAI).O Conselho Internacional de Matemática Aplicada e Industrial (ICIAM) é uma organização em nível mundial de sociedades de matemática aplicada e industrial que trabalha para promover as aplicações da matemática em todas as partes do mundo. Tradicionalmente, uma vez por ano, acontece o Board Meeting para que estratégias sejam alinhadas e, sobretudo, discuta-se a pauta do Congresso, realizado a cada quatro anos.

Estão programadas 28 palestras das mais diferentes linhas de pesquisas e áreas de atuação, com apresentação de posters, que permitirão o convívio entre especialistas brasileiros e estrangeiros em um amplo intercâmbio de ideias e ambiente de franca colaboração.

 “Essa é uma oportunidade para o CeMEAI mostrar para uma audiência internacional muito qualificada os trabalhos desenvolvidos pelo Centro. É uma internacionalização das atividades do CeMEAI”, comentou José Alberto Cuminato, diretor do CeMEAI e tesoureiro do ICIAM.

A organização do evento é do CeMEAI, em conjunto com a Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC) e com o apoio da FAPESP.

Mais informações estão disponíveis no site do evento.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Sobre a SBMAC

A Sociedade de Matemática Aplicada e Computacional - SBMAC foi criada em 1º de novembro de 1978, durante o Primeiro Simpósio Nacional de Cálculo Numérico, realizado nas dependências do Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte - MG.

Nessa oportunidade foi também designada a Comissão Organizadora incumbida de tratar dos trâmites administrativos para a instalação e funcionamento da Sociedade, assim como da elaboração de anteprojeto dos Estatutos.

São os objetivos da SBMAC: Desenvolver as aplicações da Matemática nas áreas científicas, tecnológicas e industriais; Incentivar o desenvolvimento e implementação de métodos e técnicas matemáticas eficazes a serem aplicadas para o benefício da Ciência e Tecnologia; Incentivar a formação de recursos humanos em Matemática com ênfase ao conteúdo e à utilização eficiente dos recursos computacionais disponíveis; Promover o intercâmbio de ideias e informações entre as áreas de aplicações matemáticas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

ICMC dá início ao curso preparatório para a Olimpíada Brasileira de Robótica

Série de aulas tem o apoio do CeMEAI

 

curso obr

 

Começou no último sábado (9), no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, o curso preparatório para a Olimpíada Brasileira de Robótica, que será disputada entre junho e outubro deste ano.

O curso, voltado a estudantes de qualquer escola pública ou privada, de ensino fundamental, médio ou técnico, é coordenado pela professora Roseli Romero, do ICMC e do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). “Os alunos aprendem muito. Aprendem noções de hardware, a montagem do robô, conhecem os sensores existentes e aprendem a parte de programação também”, conta Roseli.

O curso é dividido em quatro sábados e visa fornecer aos alunos os conceitos básicos necessários para tornar mais competitivas as equipes que participarão da Olimpíada. Além do CeMEAI e do ICMC, o Centro de Robótica de São Carlos (CRob) também colabora com o curso, que recebeu mais de 100 inscrições.

“A gente vai trazer alguns kits para que as crianças aprendam a fazer a montagem dos robôs e possam seguir as regras da Olimpíada e aprender um pouco de programação”, explica Adam Moreira, aluno de doutorado do ICMC que participa da organização e também é um dos árbitros da OBR.

As crianças também se mostraram bastante animadas com o primeiro dia do curso. “Na minha escola, a gente mexe desde o 6º ano com a robótica, mas só o básico. Estou gostando bastante da aula de hoje. É um conteúdo de robótica que eu nunca vi na escola, mas é muito interessante e acho que vou me dar bem”, conta Igor Gonçalves, de 13 anos.

O curso continua no próximo sábado (16) nas salas 4-003 e 4-005 do ICMC.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin – Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609 

E-mail:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

IBILCE realiza palestra sobre problemas de sequenciamento da produção

Apresentador será o professor Hélio Fuchigami, da UFG

fuchigami

 

Na próxima sexta-feira (8), o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP em São José do Rio Preto receberá o professor Hélio Fuchigami, da Universidade Federal de Goiás. Fuchigami apresentará uma palestra com o título “Investigação de Problemas de Sequenciamento da Produção em Just-In-Time Flow Shop”.

A palestra é promovida pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e a pesquisadora responsável é a professora Socorro Rangel.

A apresentação será realizada na sala 1N do Departamento de Matemática Aplicada do IBILCE e terá início às 16h. A palestra tem duração aproximada de uma hora e é aberta ao público, sem necessidade de inscrição.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

Leonardo Zacarin – Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609 

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

IBILCE recebe professor de universidade da Louisiana

Peter Wolenski participará de evento em São José do Rio Preto

 

ibilce

 

Na próxima semana, entre os dias 15 e 18 de março, o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da Unesp em São José do Rio Preto receberá a visita do professor Peter Wolenski, da Louisiana State University, dos Estados Unidos.

Wolenski ministrará um minicurso e palestras e também participará das outras atividades, como bancas e reuniões. O professor será recebido por Geraldo Silva, vice-diretor do IBILCE e pesquisador do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI).

As atividades são gratuitas e o evento é aberto. Não é necessário fazer inscrição. Os participantes que desejarem certificado devem mandar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. informando que desejam o certificado para as palestras do professor Peter Wolenski.

Abaixo, segue o cronograma de atividades de Wolenski:

15/03/2016 (terça-feira):

 - 9h às 12h: Reuniões com o grupo de otimização e controle

Local: Departamento de Matemática Aplicada

- 14h às 18h: Participação na Banca da Tese de Doutorado da aluna Daniella Porto, intitulada “Approximation to impulsive control problem and minimum time problem on stratified domains”

Local: Auditório B

16/03/2016 (quarta-feira):

- 14h às 15h30: Palestra “Dynamical systems with structured discontinuities”

Local: Sala de Seminários do Departamento de Matemática

17/03/2016 (quinta-feira):

Início do Minicurso: Calculus of Variations and Full Convexity

- 17h às 18h30 - Calculus of Variations and Full Convexity I: Duality Theory

Local: Sala 1N do Departamento de Matemática Aplicada

18/03/2016 (sexta-feira):

Continuação do Minicurso: Calculus of Variations and Full Convexity

17h às 18h30 - Calculus of Variations and Full Convexity II: problems with impulses and state constraints

Local: Sala 1N do Departamento de Matemática Aplicada

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP. O CeMEAI é especialmente adaptado e estruturado para promover o uso de ciências matemáticas (em particular matemática aplicada, estatística e ciência da computação) como um recurso industrial.

As atividades do Centro são realizadas dentro de um ambiente interdisciplinar, enfatizando-se a transferência de tecnologia e a educação e difusão do conhecimento para as aplicações industriais e governamentais. As atividades são desenvolvidas nas áreas de Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC, o CEPID-CeMEAI conta com outras seis instituições associadas: o Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da Universidade Federal de São Carlos (CCET-UFSCar); o Instituto de Matemática Estatística e Computação Científica da Universidade Estadual de Campinas (IMECC-UNICAMP); o Instituto de Biociências Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual Paulista (IBILCE-UNESP); a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (FCT-UNESP); o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE); e o Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo (IME-USP).

Leonardo Zacarin - Assessoria CEPID-CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI é representado na FAPESP Week 2016

Simpósios estimulam a cooperação entre cientistas do Brasil e Estados Unidos

 

azevedo

Pesquisadores do Brasil e dos Estados Unidos participaram entre 28 de março e 1º de abril de dois simpósios organizados pela FAPESP na University of Michigan (UM) e na Ohio State University (OSU). As apresentações e debates têm como objetivo ampliar a cooperação científica entre os dois países em projetos de pesquisa sobre Genômica, Ambiente e Sustentabilidade, Saúde Humana, Engenharia, Agricultura e Água, Bioinformática, Novos Materiais, Direito e Justiça Social.

As conferências fazem parte da FAPESP Week 2016, organizada pela Fundação em parceria com as duas universidades norte-americanas, com apoio do Woodrow Wilson International Center for Scholars, sediado em Washington, DC, nos Estados Unidos.

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) foi representado em um painel em que foram apresentadas alternativas tecnológicas para o futuro da aviação por intermédio do pesquisador João Luiz Filgueiras de Azevedo, coordenador de um grupo no Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) que trabalha principalmente com fluidodinâmica computacional.

As principais áreas de pesquisa estão no desenvolvimento de sistemas computacionais e de modelagem e estudos de fatores como turbulência, aeroacústica, elasticidade, interação de estruturas fluidas, fluxos hipersônicos e otimização aerodinâmica.

 “Foi uma experiência muito interessante e diferente principalmente em virtude das pesquisas, laboratórios e pessoas que conheci durante o evento, que cumpre seu objetivo de fomentar a relação entre universidades dos dois países e colaboração com as pesquisas aqui do Estado de São Paulo”, comentou Azevedo.

" As colaborações científicas cobrem uma ampla gama de áreas da ciência e os simpósios FAPESP Week 2016 criam mais visibilidade e oportunidades para essa cooperação", afirmou Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Sobre a FAPESP

Criada em 1962, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) está entre as mais importantes agências de fomento à Ciência e Tecnologia do Brasil. Mantida pela transferência de 1% das receitas tributárias do Estado de São Paulo, a FAPESP seleciona e apoia projetos de investigação apresentados por pesquisadores ligados a instituições de ensino superior e pesquisa no Estado de São Paulo em todas as áreas do conhecimento – ciências, tecnologia, engenharia, artes e humanidades.

A seleção de projetos é feita com base na revisão por pares (peer review), metodologia que utiliza pareceres emitidos por pesquisadores brasileiros e estrangeiros não vinculados à Fundação como base para decisões. A FAPESP também apoia pesquisas em áreas consideradas estratégicas, por meio de programas sobre temas como biodiversidade, mudanças climáticas globais e bioenergia. Mais informações em www.fapesp.br.

Raquel Vieira – Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609 

E-mail:   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Especialista francês integra grupo de pesquisa sobre Biometria Adaptativa

Além de ministrar curso na área, Romain Giot trabalhará por de 15 dias com o CeMEAI

 

Pela primeira vez no Brasil, o especialista francês em Biometria, Romain Giot, da University of Bordeaux, falou por cerca de três horas a um público de mais de 50 pessoas interessadas no minicurso Introduction to Biometric Authentication, promovido pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC).

O professor Romain Giot tem relevante atuação na área de dinâmica da digitação e template update (atualização de modelos biométricos ao longo do tempo) para sistemas biométricos e algoritmos de visualização para grafos.

Além de ministrar o minicurso sobre noções básicas em Biometria, por um período de 15 dias, Giot irá trabalhar em São Carlos na pesquisa sobre Sistemas Biométricos Adaptativos que tem coordenação do pesquisador do CeMEAI André Carlos Ponce de Leon de Carvalho, com participação de Paulo Henrique Pisani, Ana Carolina Lorena (UNIFESP), Norman Poh (University of Surrey) e o próprio Romain Giot (LaBRI/Université de Bordeaux).

“Este período aqui será muito importante para definir quais os principais pontos que poderei colaborar na pesquisa, inclusive envolvendo meus pesquisadores e laboratórios na França”, comentou.

André Carvalho destacou a experiência do pesquisador visitante tanto na área da biometria que reconhece indivíduos por características fisiológicas (como, por exemplo, impressão digital, face, iris, etc) como comportamentais (tais como assinatura, dinâmica da digitação, voz, etc).

“Em vista das fraquezas da autenticação baseada em senhas, os sistemas biométricos têm sido cada vez mais usados para evitar fraudes em sistemas bancários, catracas de acesso a edifícios e até mesmo em dispositivos móveis, como pendrives e smartphones”, explicou Carvalho.

Giot1     giot2

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software. Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

Raquel Vieira – Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI realiza workshop com a Embrapa

CeMEAI realiza workshop com a Embrapa

Encontro inicial discutiu a possibilidade de parceria entre as instituições

 

Na tarde da última quarta-feira (30), pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) se reuniram no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos para discutirem uma possível parceria.

Representando a Embrapa, participaram da reunião os pesquisadores Alberto Bernardi, Luiz Gustavo Barioni, Sanzio Barrios, Patrícia Tholon, Marcela Vinholis e as alunas de pós-graduação Mariana Azenha, Cristiana Pezzopane, Tatiane Beloni e Sara Lopes, além da analista de gestão da informação Milena Telles. Quem apresentou o projeto da empresa, denominado “Pecuária do futuro: ferramentas de suporte à tomada de decisão no manejo e transferência de tecnologias para pastagens”, foi Patrícia Santos, pesquisadora na área de pastagem e forragicultura da Embrapa. “O nosso problema é transformar o conhecimento que é desenvolvido na Embrapa e em outras instituições de pesquisa em ferramentas práticas que um agrônomo, um zootecnista ou um produtor rural possa acessar e tirar dali a informação que ele quer”, conta.

O encontro foi uma conversa inicial entre as duas instituições. “Estamos trazendo uma informação da agropecuária e precisamos ver como a equipe do CeMEAI pode nos ajudar nessa parte que envolve estatística, análise de risco e modelagem”, explica Patrícia.

Pelo CeMEAI, participaram os pesquisadores Vicente Cancho, Gustavo Buscaglia, Carlos Diniz, Francisco Rodrigues, Anderson Ara, Jorge Bazán, o diretor José Alberto Cuminato e o coordenador de transferência de tecnologia Francisco Louzada Neto.

Depois da apresentação do projeto, os representantes das duas partes discutiram os tópicos e as possibilidades de parceria. “Para nós, será uma oportunidade ímpar ter uma parceria com a Embrapa, porque poderemos levar essa percepção analítica de uma forma plena para uma instituição governamental de peso e que precisa dessa instrumentação”, analisa Louzada. “Será muito profícuo esse tipo de relacionamento, porque nós poderemos ver a aplicação dos métodos que vamos desenvolver”, finaliza.

Louzada embrapa     Patrcia embrapa

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é especialmente adaptado e estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

Leonardo Zacarin – Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

IBILCE promove palestra sobre carteiras de investimentos

Apresentador será Flavio Barboza, professor da UFU

ibilce

Na próxima sexta-feira (1), o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP em São José do Rio Preto receberá o professor Flavio Barboza, da Faculdade de Gestão e Negócios da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Barboza dará uma palestra com o título “Carteiras de Investimentos: Risco, Retorno e Diversificação”.

A palestra será dividida em três partes. A primeira delas falará sobre Definições de Retorno, Risco, a relação Risco x Retorno e Diversificação. A segunda parte debaterá a Composição de uma Carteira de Ativos e o Modelo de Markovitz para dois ativos. Por fim, Barboza discutirá as Fronteiras Eficientes.

A apresentação será realizada na sala 1N do Departamento de Matemática Aplicada do IBILCE e será iniciada às 16h. A duração é de aproximadamente uma hora.

O evento é aberto ao público e não é necessário fazer inscrição.

Página 9 de 12