Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Eventos

Inscrições abertas para workshop em Sistemas Dinâmicos

Evento será realizado entre os dias 28 e 31 de agosto no ICMC/USP São Carlos

 

Estão abertas gratuitamente as inscrições para a Conferência Internacional de Difusão em Sistemas Dinâmicos que ocorrerá entre os dias 28 e 31 de agosto no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC-USP). O evento irá reunir especialistas das áreas de matemática e física em palestras e minicursos. Tiago Pereira, um dos coordenadores do workshop falou sobre a iniciativa que conta com a organização do CEPID-CeMEAI. Veja o vídeo. Informações também no site do evento.

 

As inscrições para a Conferência Internacional de Difusão em Sistemas Dinâmicos estão abertas. Saiba mais sobre o evento:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quinta, 11 de agosto de 2016

II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais - Everest

 

Entre os dias 11 e 15 de julho de 2016, o CeMEAI organizou a segunda edição do Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, iniciativa que traz problemas da indústria para serem discutidos no ambiente acadêmico. Uma das empresas participantes foi a Everest, de São Carlos. Confira abaixo o relato de quem participou da discussão desse problema e clique aqui para acessar o relatório produzido pelos pesquisadores!

 

Uma das empresas participantes do II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industrias foi a Everest, de São Carlos. Confira o relato dos pesquisadores que discutiram o problema! O relatório está disponível no nosso site: http://goo.gl/ctcVGD

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça, 9 de agosto de 2016

A colaboração de nossos pesquisadores em Clínica Estatística do SINAPE

Simpósio Nacional de Estatística destacou trabalho desenvolvido na área pelo CeMEAI

 

 

A Associação Brasileira de Estatística (ABE) e Instituto de Matemática e Estatística da UFRGS organizaram entre os dias 24 e 29 de julho, em Porto Alegre, o 22º Simpósio Nacional de Probabilidade e Estatística (SINAPE). A Clínica Estatística foi uma das atividades do SINAPE, em que a empresa SICREDI, uma cooperativa de crédito, apresentou um problema para especialistas estatísticos que participaram do evento neste ano.

A atividade foi patrocinada pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID-CeMEAI) e organizada pelo Coordenador de Transferência Tecnológica Francisco Louzada Neto, juntamente com os pesquisadores Mariana Curi (CeMEAI) e Fernando Hepp Pulgati (UFRGS).

Louzada destacou a dinâmica e a produtividade da Clínica Estatística, onde foi possível transferir tecnologia de resolução de problemas industriais para os participantes. "O esquema é muito similar com o que tem sido feito nos Workshops CeMEAI de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, mas em um tempo reduzido. Apesar do tempo reduzido, o problema foi apresentado pela equipe da SICREDI, os 3 grupos formados apresentaram várias soluções para o problema, que em sua forma mais completa, tem um grau moderado de dificuldade, e finalmente os alunos presentes apresentaram as possíveis soluções”, comentou Louzada.

A Clínica Estatística contou ainda com participação expressiva dos pesquisadores CEPID-CeMEAI:  Carlos Diniz, Gladys D. C. Barriga, Gleici S. C. Pardoná, Julio Stern, Katiane Silva Conceição, Marcelo Lauretto, Marinho G. Andrade Filho, Nikolai Kolev, Vera Tomazella, Vicente Garibay Cancho e Jorge Luis Bazan, que também colaboraram com a resolução dos problemas e demais atividades do simpósio, bem como com a participação ativa dos nossos alunos Ricardo Rocha e Taciana Kisaki Oliveira, e Hayala Cavenague.

“Excelente iniciativa! Gostei principalmente da participação dos alunos”, comentou Bazan.

Fernando Hepp Pulgati falou sobre a sequência dos trabalhos junto ao SICREDI. “Os membros da empresa manifestaram a grata surpresa com a dinâmica estabelecida durante as atividades e reuniões já estão ocorrendo para que as soluções propostas sejam implementadas”, finalizou.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Resumo: II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais

 

Confira, sob o olhar dos pesquisadores e dos representantes das empresas, como foi o II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, realizado em julho pelo CeMEAI:

 

Confira, sob o olhar dos pesquisadores e dos representantes das empresas, como foi o II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, realizado em julho pelo CEPID - CeMEAI:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça, 2 de agosto de 2016

IBB promove Workshop de Otimização

IBB promove Workshop de Otimização

Evento será realizado no próximo dia 12

banner workshop

O Instituto de Biociências de Botucatu (IBB) da UNESP sediará, no próximo dia 12, o Workshop de Otimização. O evento é coordenado pela professora Helenice Florentino, pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI).

O Workshop contará com 10 palestras, além de apresentações de pôsteres. A programação começa às 8h e o evento vai até às 17h. Todas as atividades serão realizadas no anfiteatro do IBB.

Os professores Alexandre Delbem (ICMC/USP), Socorro Rangel (IBILCE/UNESP) e Sílvio Araújo (IBILCE/UNESP), todos pesquisadores do CeMEAI, estão entre os palestrantes do evento.

A participação no Workshop é gratuita. As inscrições podem ser feitas no site do evento, onde também consta a programação de todo o dia e a relação dos palestrantes convidados.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Soluções para empresas são apresentadas no último dia de Workshop

Durante toda a semana os problemas foram analisados e resolvidos pelos grupos de estudo

 

Terminou nesta sexta-feira (15) o II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, organizado pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). O evento, realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, convidou empresas a proporem problemas a grupos de pesquisadores e alunos, que, durante uma semana, estudaram as questões e apresentaram as respectivas propostas de soluções.

Nesta edição, cinco empresas trouxeram seis problemas para os pesquisadores: a Everest, a Universidade de São Paulo, a Caixa Econômica Federal, o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e a Tecumseh, que trouxe duas questões.

Mauro Ribeiro de Oliveira Jr, analista sênior de risco na Caixa Econômica Federal, acompanhou os trabalhos e comentou sobre a oportunidade de trazer para o evento um problema real das atividades do banco. “Ter reunido três grupos, cada um com conhecimentos distintos, ajudou a apresentar três soluções. No dia a dia, fazemos a classificação dos clientes, mas é importante você voltar no histórico e ver como essa operação se comporta ao longo do tempo. Esse era nosso desafio e com as conclusões apresentadas, já estamos discutindo internamente qual das propostas seria a melhor solução. Experiência válida, enriquecedora e vamos torcer para sermos convidados a participar dos próximos”, disse Mauro.

 

 

Eduardo Teixeira dos Santos é aluno de mestrado no IBILCE/Unesp e participou pelo segundo ano. “A nossa formação é muito teórica, voltada para a pesquisa e, muitas vezes, nós não conseguimos identificar onde esse ferramental todo entra na prática e acabamos encontrando também muitas perguntas que são respondidas aqui”, comentou.

“O segundo Workshop foi muito bem sucedido uma vez que teve participação ativa dos alunos e todos os problemas tiveram progresso em seu entendimento. Um dos problemas foi completamente resolvido”, comentou o diretor do CeMEAI José Alberto Cuminato.

Trata-se da empresa Everest, indústria de fieiras. Segundo o gerente de produção, José Ricardo da Silva, o problema estava em conseguir integrar dados de um sistema em fórmulas matemáticas para que o mesmo funcionasse sem a necessidade de uma pessoa atualizando os dados no programa. “Com a solução apresentada no workshop, nós eliminamos a interferência desse operador e temos as informações integradas e impressas no sistema. Agora, é só colocar em prática".

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Workshop do CeMEAI chega ao seu terceiro dia com avanços na resolução dos problemas

Professor Luis Gustavo Nonato comenta o andamento do evento

 

Em apenas dois dias, o Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais já resolveu um dos problemas propostos pelas empresas convidadas e avançou bastante em outros dois. O professor Luis Gustavo Nonato, do ICMC da USP em São Carlos, fez um balanço do evento até aqui:

 

Em apenas dois dias, o Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais já resolveu um dos problemas propostos pelas empresas convidadas e avançou bastante em outros dois. Veja o balanço do evento até aqui:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta, 13 de julho de 2016

Resolvendo problemas reais: workshop do CeMEAI reúne pesquisadores e empresas

Evento começou na última segunda-feira e vai até sexta

 

Começou na manhã de ontem (11) o II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, organizado pelo CEPID - CeMEAI. O evento, realizado no Icmc Usp, convida empresas a proporem problemas a grupos de pesquisadores, que, durante uma semana, estudam as questões e tentam resolvê-las. Conheça melhor a iniciativa: http://goo.gl/LFQyvC

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça, 12 de julho de 2016

 

Começou na manhã de ontem (11) o II Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, organizado pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). O evento, realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, convida empresas a proporem problemas a grupos de pesquisadores, que, durante uma semana, estudam as questões e tentam resolvê-las.

"Através desse workshop, desses grupos de estudo, nós provocamos os participantes a tornarem-se expectadores e participarem do desenvolvimento de soluções para os problemas industriais apresentados", explica Francisco Louzada Neto, coordenador de transferência de tecnologia do CeMEAI. Nesta edição, cinco empresas trouxeram seis problemas para os pesquisadores: a Everest, a Universidade de São Paulo, a Caixa Econômica Federal, o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) e a Tecumseh, que trouxe duas questões.

"Conforme os equipamentos eletrônicos vão evoluindo, eles diminuem de tamanho, e nós temos um problema de temperatura. A concentração térmica é muito grande e temos que retirar esse calor. Um dos problemas que a gente propôs aqui foi tentar otimizar isso para termos uma solução com menor custo e maior eficiência do trocador de calor", conta Yuri Ribeiro, pesquisador da Tecumseh. "O outro problema é uma técnica de controle de temperatura para refrigeradores domésticos utilizando técnicas de controle bastante modernas hoje em dia", salienta.

 

 

O problema do LNLS tem a ver com o acelerador de partículas do laboratório. "No nosso acelerador, temos elétrons circulando por dentro de tubos metálicos que chamamos de câmaras de vácuo, que servem para retirar toda partícula que vai impedir o percurso dos elétrons. Temos ferramentas computacionais pra quantificar esses impactos, mas não conseguimos correlacionar de maneira matemática, apenas olhando as figuras, como esses parâmetros, essas frequências e essas intensidades variam com a independência das geometrias", aponta Henrique Duarte, pesquisador do LNLS.

A primeira edição do Workshop foi realizada no ano passado e todos os problemas apresentados avançaram de alguma forma - alguns foram até resolvidos por completo. A ideia para este ano é repetir o sucesso. "Nós temos expectativas de que a maioria dos projetos apresentados no workshop seja resolvida ou pelo menos de que nós tenhamos um indicativo de solução para os problemas. Depois, com essas soluções, nós podemos realizar até um convênio com as empresas", observa Louzada. E os representantes da indústria também se mostraram bastante animados com as possibilidades trazidas pelo Workshop. "Eu acho que é fundamental esse contato, porque a maneira como tratamos um problema na indústria e a maneira como ele é tratado dentro da universidade têm enfoques diferentes, e que são complementares. Acho que as duas coisas se complementam e esse diálogo sempre é muito proveitoso para ambos" comemora Ribeiro. "É importante não só para a indústria e para a academia, mas desenvolver material, técnicas novas, alternativas e desenvolver conhecimento é um ganho para o país como um todo", finaliza Duarte.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Fotos: 1ª Escola de Matemática Aplicada

Fotos: 1ª Escola de Matemática Aplicada

 

Durante toda a última semana, o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) organizou a primeira edição da Escola de Matemática Aplicada. O evento, realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, teve por objetivo reunir alunos e pesquisadores para discutir problemas reais de empresas como uma forma de preparação para o 2º Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, que será realizado nesta semana, também no ICMC.

Leia também: CeMEAI promove Escola de Matemática Aplicada

 

Confira, na galeria abaixo, as fotos da 1ª Escola de Matemática Aplicada. Clique para ampliá-las!

 

 

 

CeMEAI promove Escola de Matemática Aplicada

Evento começou nesta segunda-feira no ICMC da USP

 

Começou na manhã de hoje a Escola de Matemática Aplicada, iniciativa do CEPID - CeMEAI realizada no Icmc Usp que traz problemas da indústria para serem discutidos entre alunos e pesquisadores. Saiba mais sobre o evento: http://goo.gl/6ZeQ0s

Publicado por CEPID - CeMEAI em Segunda, 4 de julho de 2016

 

Começou nesta segunda-feira (4) a Escola de Matemática Aplicada, iniciativa do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI). O evento, que está sendo realizado no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, conta com três cursos ministrados por professores do Brasil e do exterior e vai até o próximo sábado (9).

"Nós temos três cursos em que os professores vão discutir diferentes problemas, diferentes técnicas, e os estudantes têm a oportunidade de aprender, durante uma semana, com problemas reais", explica José Alberto Cuminato, diretor do CeMEAI. A Escola antecede em uma semana o Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, que também é organizado pelo CeMEAI e traz problemas de instituições interessadas para que os pesquisadores os estudem. "A escola é um treinamento para o workshop que nós vamos ter na semana que vem com a indústria", salienta o diretor.

Os três cursos estão divididos nos períodos da manhã e da tarde. Pela manhã, o apresentador do curso Mathematical Modelling In Industrial And Applied Mathematics é o professor Jonathan Evans, da Universidade de Bath, no Reino Unido. "O tema do curso é a modelagem matemática com foco em aplicações industriais. Geralmente, existem problemas nas indústrias que precisam de respostas e essas perguntas envolvem informações quantitativas. A ideia do curso é pegar esses problemas, traduzi-los para a matemática, analisá-los e extrair informação que responda às questões propostas", comenta Evans. "A iniciativa é excelente, porque esse é o tipo de interação que é necessária. Iniciativas como essa aproximam a universidade e a indústria, e é assim que se alcança o progresso",  finaliza.

Outros dois cursos são ministrados na parte da tarde: Mathematical Models And The Distance Geometry Problem, dos professores Weldon Lodwick, da Universidade do Colorado, em Denver, e Carlile Lavor, da Unicamp, e Modelagem Estocástica E Quantificação De Incertezas, do professor Rubens Sampaio, da PUC-Rio.

Mais informações sobre a Escola de Matemática Aplicada estão disponíveis no site do evento.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Página 7 de 11