Outros

Pesquisador do CeMEAI é eleito presidente da SBMAC

Carlile Lavor do IMECC assumirá mandato para biênio 2018-2019

 

carlile1

 

O professor do IMECC e pesquisador do CEPID-CeMEAI Carlile Lavor assumirá em primeiro de janeiro de 2018 a presidência da SBMAC – Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional.

A chapa vencedora terá outros integrantes do CeMEAI. Para o cargo de 1º Secretário assumirá Pablo Martín Rodríguez e como Conselheiros, José Alberto Cuminato e José Mario Martínez Perez.

O resultado da eleição foi divulgado no último mês de agosto e Carlile cumprirá mandato de dois anos para o biênio 2018-2019.

Segundo ele, um dos principais desafios é enfrentar com a nova diretoria eleita um período difícil da ciência brasileira.

“Acredito que um dos caminhos para enfrentar toda essa crise nacional é o diálogo, dentro e fora da academia. Precisamos mostrar para a sociedade brasileira, e isso inclui, obviamente, a classe política, a importância do trabalho realizado nas universidades e centros de pesquisa”, comentou.

“É também um momento oportuno para fazermos uma autocrítica, identificando o que pode e deve ser melhorado em nossas universidades. As melhores universidades do mundo estão se transformando para se adaptarem às novas exigências do século XXI, e se não ficarmos atentos, ficaremos para trás”, observou Carlile.

Sobre alguns planos de ações, Carlile destacou dois deles que são o fortalecimento dos laços com outras sociedades científicas e tornar o evento anual da SBMAC, o CNMAC - Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional- um grande evento da matemática aplicada em toda a América Latina. “Juntamente com a diretoria atual, já estamos trabalhando para isso”, finalizou.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Workshop de Matemática, Aplicações e Sociedades Científicas

Evento ocorrerá no IMECC/Unicamp no dia 29 de setembro

 

IMG 4532

 

O dia 29 de setembro reserva uma ampla discussão sobre a Matemática, Aplicações e Sociedades Científicas, tema do workshop que abrirá as comemorações dos 50 anos do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica- IMECC/ Unicamp.

Organizado pelo presidente eleito da SBMAC, docente do IMECC e pesquisador do CEPID-CeMEAI, Carlile Lavor, o evento reunirá grandes nomes da matemática nacional em discussões que irão debater o papel da matemática nas organizações e sociedades científicas.

Já estão confirmadas as presenças de Claudio Landim (Diretor Adjunto do IMPA), Antônio Silva Neto (Presidente da SBMAC, UERJ), Paolo Piccione (Presidente da SBM, USP), José Cuminato (Diretor do CEPID-CeMEAI, USP), Augusto Gadelha (Diretor do LNCC), Nancy Garcia (Vice-Presidente da SBM, Unicamp), Carlos Brito Cruz (Diretor Científico da Fapesp, Unicamp), Francisco Louzada (Presidente da ABE, USP), Jinyun Yuan (Diretor do Inst. de Mat. Industrial, UFPR), Luciana Buriol (Vice-Presidente da IFORS, UFRGS), Alberto Saa (Coord. da Área de Fís.-Mat. da SBF, Unicamp) e Cláudia Sales  (Coord. da Área de Teoria da Comp. da SBC, UFC).

Segundo o organizador, o evento é aberto e não necessita de prévia inscrição.  Carlile Lavor espera que o evento possa contribuir com o início de uma maior aproximação entre as sociedades científicas, tendo a matemática como elo de ligação.

Confira a programação.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Grupo de Otimização do ICMC marca presença no SBPO

Pesquisadores do CeMEAI concorreram a prêmios no evento

 

LOT

 

Entre os dias 27 e 30 de agosto, a cidade de Blumenau (SC) recebeu a 49ª edição do Simpósio Brasileiro de Pesquisa Operacional (SBPO). O evento reúne pesquisadores de todo o Brasil que atuam na área e, neste ano, teve como tema as tecnologias de ponta voltadas à crise econômica.

O evento contou com apresentações de trabalhos, minicursos, palestras e pôsteres e ofereceu duas condecorações: o prêmio Roberto Diéguez Galvão de melhor artigo do Simpósio e o prêmio de melhor trabalho de iniciação científica. Pesquisadoras do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) participaram de todas as atividades e concorreram às duas premiações.

As professoras Marina Andretta, Franklina Toledo e Maristela Santos, todas do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos e pesquisadoras do CeMEAI, orientaram oito trabalhos apresentados no SBPO. O artigo “Algoritmo Branch-and-Price para o Problema de Corte de Estoque Não-Guilhotinado”, de autoria de Vinícius Loti de Lima e Thiago de Queiroz, foi o vencedor do prêmio de iniciação científica do evento. Queiroz é pós-doutorando no ICMC sob supervisão de Franklina. Já na categoria de melhor artigo, um trabalho orientado por Maristela ficou entre os cinco finalistas. O paper “A Parallel Multi-Start Iterated Local Search and a Proximity Relax-and-Fix heuristic for High School Timetabling Problem” também tem autoria de Landir Saviniec e Alysson Costa.

Grupo de Otimização do ICMC

Marina, Franklina e Maristela são integrantes do Laboratório de Otimização (LOT) do ICMC. Além delas, o professor Elias Helou Neto – também do CeMEAI – e Eduardo Costa coordenam as atividades do grupo. “Nossas pesquisas abordam problemas de otimização linear contínua e inteira, otimização não-linear e controle ótimo. Desenvolvemos modelos para problemas reais e métodos exatos e heurísticos para sua resolução. Além dos professores, temos alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado na equipe. Também contamos com pesquisadores desenvolvendo trabalhos de pós-doutorado conosco”, explica Franklina.

O grupo de otimização surgiu na década de 80, com a chegada do professor Marcos Arenales ao ICMC. Ele concluiu seu doutorado em 1984 e, a partir de então, começou a coordenar os trabalhos. “Durante algum tempo, o grupo de otimização foi reduzido a mim; era o 'grupo de um só', como eu o chamava. E foi assim durante muito tempo”, brinca Arenales. “Além das disciplinas de graduação e pós-graduação que reformulei assim que assumi, passei a orientar alunos de IC, mestrado e participar de projetos em conjunto com colegas da Escola de Engenharia de São Carlos. Durante os anos, recebi a ajuda dos professores José Alberto Cuminato e Antonio Castelo Filho, que me ampararam muito bem”, conta.

A configuração atual do grupo, segundo Arenales, é mais recente. “A mudança definitiva ocorreu com a chegada da professora Franklina. As coisas começaram a mudar rapidamente e a área se ampliou. Depois, chegaram a Maristela, a Marina, o Elias e o Eduardo e o grupo continuou crescendo”, comemora.

E o crescimento do grupo foi notável. “Temos colaboração com ex-membros que estão em São Paulo, Minas Gerais, em Goiás, no Mato Grosso do Sul e no Paraná. Nosso contato com os egressos do grupo é muito relevante”, destaca Franklina. O grupo ainda desenvolve trabalhos com ex-membros de instituições fora do Brasil, como é o caso de Alfredo Narvaez, da Universidad de la Costa, na Colômbia.

Assim como o vencedor do prêmio de melhor trabalho de iniciação científica do SBPO, outros dois artigos finalistas da categoria têm participação de integrantes e ex-integrantes do LOT. “GA-LP: Um algoritmo genético baseado no Label Propagation para detecção de comunidades em redes direcionadas” é de co-autoria de Mariá Cristina Nascimento, orientada por Franklina Toledo no mestrado e no doutorado. O trabalho “Um modelo multiobjetivo para o planejamento de rota para VANTs considerando a identificação automática de marcos ADM” tem como um dos autores Maria José Pinto, que foi aluna de Arenales no ICMC. “O esforço valeu a pena”, finaliza o professor aposentado.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

IBILCE retoma seminários na área de otimização

Serão onze apresentações no segundo semestre deste ano

 

ibilce

 

Na última sexta-feira, o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE) da UNESP em São José do Rio Preto retomou as atividades do ciclo de seminários do Grupo de Otimização e Controle Ótimo do Departamento de Matemática Aplicada (DMAp) da unidade. As apresentações, abertas ao público, trazem pesquisadores de várias instituições e que desenvolvem trabalhos nas áreas de otimização, controle ótimo e análise intervalar.

Gino Maqui, doutorando do Programa de Pós-Graduação em Matemática (PPGMAT) do IBILCE, foi o apresentador da edição que abriu os trabalhos no segundo semestre. Maqui fez uma introdução aos conjuntos fuzzy. O próximo palestrante será Moisés Monte, que também é doutorando do PPGMAT e professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), campus de Ituiutaba. O tema será “Condições Necessárias para Problemas com Tempo Contínuo com Restrições de Igualdade e Desigualdade”.

Todos os seminários são realizados na sala 1N do DMAp e começam às 16h. Não é necessária inscrição prévia. Confira as datas, os expositores e os assuntos das próximas apresentações:

Data  Assunto Expositor Título
25/08 Análise Intervalar/Fuzzy Gino Maqui (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP) Introdução aos Conjuntos Fuzzy
01/09 Otimização Moisés Monte (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP e professor da UFU) Condições Necessárias para Problemas com Tempo Contínuo com Restrições de Igualdade e Desigualdade
15/09 Análise Intervalar/Fuzzy  Fabiola Villanueva (doutoranda - PPGMAT IBILCE/UNESP) A definir 
22/09 Controle Ótimo  Paola Geovanna Patzi Aquino (doutoranda - PPGMAT IBILCE/UNESP) A definir 
06/10 Análise Intervalar/Fuzzy  Ulcilea Severino Alves Leal (professora da UFTM) A definir 
20/10  Controle Ótimo   Ismael Pena (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP) A definir 
10/11 Análise Intervalar/Fuzzy  José Renato Campos (doutorando - PPGEE FEIS/UNESP e professor do IFSP) Problemas de Controle Ótimo Intervalar Fuzzy em Tempo Discreto 
17/11 Otimização  Moisés Monte (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP e professor da UFU) A definir 
24/11 Análise Intervalar/Fuzzy  Ulcilea Severino Alves Leal (professora da UFTM) A definir 
01/12  Controle Ótimo   Ismael Pena (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP) A definir 
08/12 Análise Intervalar/Fuzzy  Gino Maqui (doutorando - PPGMAT IBILCE/UNESP) A definir 

O ciclo de palestras é organizado pelos professores Valeriano de Oliveira, Geraldo Silva, Silvio de Araujo e Socorro Rangel, pesquisadores do CeMEAI. Mais informações estão disponíveis na página do ciclo de seminários.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pesquisadores do CeMEAI fazem balanço e discutem metas

Encontro em São Carlos reuniu representantes das instituições associadas

 

reuniao cepid

 

Pesquisadores do CEPID-CeMEAI participaram no dia 10 de agosto, no ICMC - em São Carlos/SP, de um encontro que teve como principal objetivo realizar um balanço das ações e estabelecer metas para o desenvolvimento das atividades no Centro que é uma referência na produção de trabalhos acadêmicos relacionados à matemática.

Representantes de todas as instituições associadas receberam do diretor do CeMEAI, José Alberto Cuminato, um panorama geral do trabalho que vem sendo realizado ao longo do último ano.

O coordenador de Transferência de Tecnologia, Francisco Louzada Neto, apresentou em números o conteúdo produzido pelos pesquisadores, bem como o desempenho das novas tecnologias e avanços com a indústria e sociedade.

Divididos em temas principais, foram discutidos aperfeiçoamentos para o Workshop de Soluções Matemáticas e a criação de um novo Workshop de Pesquisa que teria a finalidade de reunir os pesquisadores em torno de um grande problema e cuja solução se tornasse um diferencial para a tecnologia industrial do país.

Propostas e sugestões foram apresentadas e o papel dos pesquisadores principais discutido. Por fim, foram designados os responsáveis pelas ações a serem implementadas visando sempre o aprimoramento do Centro e consequentemente, a aplicação do conhecimento produzido.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI e EMBRAPA trabalham em ações conjuntas

Cooperação terá foco em melhorias na cadeia de Gado de Leite

 

reuniaovacas

 

O CEPID-CeMEAI e Embrapa Gado de Leite, de Juiz de Fora (MG), estão articulando algumas ações conjuntas com objetivo de estabelecer parcerias que contribuam com avanços científicos da Indústria (cadeia) do Leite.

Recentemente, José Carlos Maldonado, José Fernando Júnior, Gustavo Faria e José Alberto Cuminato – diretor do CeMEAI – representaram o Centro em uma reunião de negócios na unidade que contou também com visitas aos laboratórios e fazenda experimental.

A recepção foi feita pelo Chefe-Geral da unidade Paulo de Carmo Martins, o Chefe-Adjunto de P&D Pedro Braga Arcuri e o Dr. Wagner Arbex.

Algumas ações já estão em andamento como a realização de um workshop CEPID-CeMEAI de problemas na Industria do Leite (Indústria 4.0 e IOTs) ainda neste ano. Articulação de convênio entre empresas da cadeia do leite no Mestrado Profissional MECAI.

“Todas estas formas de cooperação conjunta estão sendo discutidas para que sejam desenvolvidas da melhor maneira possível, integrando conhecimento, pesquisadores e alunos e, principalmente, a cadeia do Leite que tem papel primordial na economia brasileira. Podemos contribuir com tecnologia e melhorias práticas e esta visita à unidade da Embrapa Gado de Leite nos apontou para mais uma parceria promissora”, comentou Cuminato.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Sobre a Embrapa Gado de Leite

A Embrapa Gado de Leite é uma das 46 Unidades Descentralizadas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O centro de pesquisa foi criado em 26 de outubro de 1974, no município de Coronel Pacheco (MG).

Hoje está sediado em Juiz de Fora (MG) e possui campos experimentais em Coronel Pacheco (MG) e Valença (RJ), além de quatro núcleos que apoiam as atividades de transferência de tecnologia em cada região do país.

O corpo técnico é formado por 318 colaboradores, sendo 77 pesquisadores, 76 analistas, 39 técnicos e 126 assistentes. Entre os pesquisadores e analistas, 60% possuem doutorado ou pós-doutorado; 20% mestrado e 20% especialização ou graduação.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Tese orientada por pesquisadores do CeMEAI é premiada pela SBMAC

Trabalho foi desenvolvido por aluno da UNICAMP

 

Perfil Cemeai

 

Pelo segundo ano consecutivo, uma tese de doutorado orientada por pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) recebe o prêmio “Odelar Leite Linhares” de melhor tese do ano, oferecido pela Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional (SBMAC).

A edição 2017 do prêmio contemplou o aluno Lucas Eduardo Azevedo Simões, da UNICAMP. O trabalho, denominado “Técnicas Amostrais para Otimização Não Suave”, foi orientado pela professora Sandra Augusta Santos, do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) e co-orientado pelo professor Elias Helou Neto, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Os dois são membros do CeMEAI.

No ano passado, a SBMAC contemplou Wallace Casaca, que produziu a tese “On the Graph Laplacian for Spectral Image Segmentation and Energy Minimization on Graphs”. O trabalho foi orientado pelo professor Luis Gustavo Nonato, do ICMC e do CeMEAI.

O prêmio é voltado a trabalhos desenvolvidos por alunos de cursos de Graduação e de programas de Pós-Graduação do Brasil, em qualquer área, com conteúdo significativo em Matemática Aplicada e Computacional, e que tenham sido desenvolvidos em maior parte no Brasil.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Professores da UNICAMP promovem atividades com escolas

Estudantes dos ensinos fundamental e médio visitaram a Universidade

 

Várias escolas tiveram a oportunidade de aproximar seus alunos do ambiente universitário. Em parceria com a UNICAMP, estudantes de ensino fundamental e médio puderam conhecer a UNICAMP e interagir com professores e alunos da universidade.

A primeira visita foi realizada no dia 30 de março. Alunos de ensino médio da Escola Dom João XXIII, de Americana, foram recebidos pelos professores Lúcio Tunes dos Santos, coordenador de educação e difusão do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), e Laura Rifo, também pesquisadora do CeMEAI e coordenadora regional da OBMEP.

No dia 19 de abril, foi a vez de mais quatro escolas marcarem presença na universidade: Escola Municipal Doutor Pedro Afonso Junqueira, Escola Municipal Maria Ovidia Junqueira, CAIC Professor Arino Ferreira Pinto e Escola Estadual Professor José Castro de Araújo - todas de Poços de Caldas (MG). Os alunos que participaram da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) conheceram o Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC), o Instituto de Estudo da Linguagem (IEL) e fizeram parte do Ponto Poema, uma oficina de produção de objetos poéticos organizada pelo projeto Aluno-Artista do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) da UNICAMP. A visita dos mineiros fez parte do projeto OBMEP na UNICAMP, coordenado pelos professores Laura e Lúcio e que conta com o apoio do CeMEAI, da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da UNICAMP e do IMECC.

Em comemoração ao dia da matemática, celebrado no dia 6 de maio, os professores fizeram o caminho inverso e, no último dia 3, foram até Americana e visitaram a Escola Dom João XXIII. Eles apresentaram o filme “Planolândia” e conversaram com os estudantes sobre a obra.

As visitas continuam na próxima quarta-feira (17), quando o Colégio Monteiro Lobato, de Itu, visitará a UNICAMP. Mais uma vez, os professores Lúcio e Laura receberão os alunos.

O projeto de visitas das escolas vai ao encontro da política da Universidade de ampliar o acesso a estudantes provenientes de escolas públicas, além de permitir o desenvolvimento de aspectos relevantes à formação cidadã dos alunos. Uma das consequências imediatas do projeto é mostrar a UNICAMP como opção real para alunos que já mostraram habilidade e se destacaram entre seus pares pelo seu rendimento na OBMEP.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mestrado profissional voltado à indústria abre inscrições

MECAI é iniciativa do ICMC e do CeMEAI

 

mecai

 

Nesta quarta-feira (10), o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos abriu as inscrições para o processo seletivo do Mestrado Profissional em Matemática, Estatística e Computação Aplicadas à Indústria (MECAI). A iniciativa está ligada ao Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) da FAPESP.

A turma que ingressará em 2017 será a quarta do curso. Neste ano, são oferecidas 15 vagas na ênfase em Ciência de Dados: Aplicações em Agricultura, Saúde, Finanças e Infraestrutura. “O público-alvo do MECAI são, essencialmente, profissionais da indústria, com formação nas áreas de atuação do programa (Matemática, Estatística e Computação) e que desejam aprimorar seus conhecimentos, sobretudo para o desenvolvimento de soluções inovadoras nas empresas em que trabalham”, comenta Ellen Francine Barbosa, coordenadora do MECAI e professora do ICMC. “Também vale destacar a estreita relação do MECAI com o CeMEAI, por meio da qual tem sido possível estabelecer contatos e promover parcerias com empresas e profissionais da indústria, de modo a fomentar o desenvolvimento de pesquisa aplicada nas áreas de atuação do MECAI ao setor produtivo”, ressalta.

O mestrado profissional é um dos únicos do país que aborda, de forma abrangente, áreas específicas da matemática, estatística e computação aplicadas à indústria. “O MECAI tem como principal objetivo aprimorar a formação dos profissionais e atender às demandas específicas do setor produtivo a fim de viabilizar a geração de produtos e/ou aplicações inovadoras, de forma que empresas e entidades afins tornem-se mais competitivas tanto no cenário nacional como no internacional”, conclui a coordenadora.

O processo seletivo será realizado em uma única etapa e a divulgação do resultado final, com convocados para a matrícula e lista de espera, está prevista para ocorrer até o dia 3 de julho. Mais informações podem ser encontradas no edital completo do processo seletivo. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 12 de junho no site da Pós-Graduação do ICMC.

Pós-graduação no ICMC - Os programas de pós-graduação do ICMC estão entre os melhores do país, tendo formado um número expressivo de mestres e doutores que hoje ocupam posições em prestigiadas empresas e em unidades de ensino e pesquisa no Brasil e no exterior. Além do recém-criado MECAI, há três outros programas com mestrado e doutorado: o de Ciências de Computação e Matemática Computacional, o de Matemática e o Programa de Pós-Graduação em Estatística, em parceria com a Universidade Federal de São Carlos. O ICMC participa ainda do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (ProfMat), em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

A qualidade dos Programas de Pós-Graduação do ICMC foi reconhecida na última avaliação trienal realizada pela CAPES (2013). Em uma escala de 1 a 7, a instituição concedeu nota máxima (7) ao Programa de Pós-Graduação em Matemática, expressando a excelência constatada em nível internacional, e nota 6 ao Programa de Pós-Graduação em Ciência de Computação e Matemática Computacional.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin – Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Serviço de Pós-Graduação do ICMC: (16) 3373-9638

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI é apresentado em workshop no Japão

Evento ocorreu durante visita de avaliação das cidades-sede para o ICIAM 2023

 

0329 IMG 8874

 

O diretor do CEPID-CeMEAI José Alberto Cuminato participou de duas atividades internacionais junto ao Conselho Internacional de Matemática Aplicada e Industrial (ICIAM) onde é diretor tesoureiro. Acompanhado da presidente Prof. Maria J. Esteban e dos também membros diretores da Organização Prof. Barbara Lee Keyfitz e Prof. Sven Leyffer, a comissão viajou a Seul, na Coreia do Sul, e Tóquio, no Japão, para uma visita técnica a estas cidades finalistas e que concorrem para sediar o ICIAM de 2023.

O Congresso ocorre a cada quatro anos e cumpre uma série de protocolos. Entre eles, as vistorias dos locais onde serão realizados, bem como toda infraestrutura para os participantes. “Essa comissão tem como objetivo confirmar as informações descritas nas propostas apresentadas pelas cidades concorrentes”, explicou Cuminato.

Na sequência, cada membro da comissão apresenta relatórios para a decisão final do Conselho, que ocorrerá em maio deste ano.

Durante as visitas, são trocadas experiências sobre os projetos que estão sendo desenvolvidos internacionalmente. E em um workshop, promovido em Tóquio, o CeMEAI foi apresentado ao grupo. “Falamos sobre a estrutura do nosso CEPID, sobre as principais pesquisas e resultados obtidos junto à matemática aplicada às indústrias”, comentou Cuminato.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Página 1 de 4