Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Otimização e Pesquisa Operacional

estadao

 

Uma projeção feita por professores ligados à Universidade de Campinas (Unicamp) para a evolução da pandemia de covid-19 no País apontou que, mantido o isolamento social na intensidade da primeira semana de junho, o Brasil conseguiria salvar mais de 6 mil vidas até 21 de junho - há mais de 37 mil mortos pela doença até esta terça, 9. Os números do trabalho, que surge no momento em que Estados e prefeituras afrouxam o isolamento - mesmo com a epidemia em expansão - projetavam também que um terço (34%) das pessoas salvas pelas medidas de morrer no período estaria em São Paulo; um quinto (21%) no Rio. Mais da metade (53%) moraria na Região Sudeste.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

uol

Uma projeção feita por professores ligados à Universidade de Campinas (Unicamp) sobre a evolução da pandemia de covid-19 no país apontou que, mantido o isolamento social na intensidade da primeira semana deste mês, o Brasil conseguiria salvar mais de 6 mil vidas até 21 de junho — há mais de 37 mil mortos pela doença até hoje.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

rolling stone logo

Uma pesquisa da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), organizada pelo Prof. Paulo J. S. da Silva e pela pesquisadora Claudia Sagastizábalm do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica, procurou calcular quantas pessoas o isolamento social contra coronavírus salvou no Brasil.

Os dados foram divulgados, inicialmente, no dia 7 pelos pesquisadores, e no dia 11 pelo Jornal Nacional. A pesquisa continuou, e os dados desta matéria foram atualizados na quinta, 14.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

jornal da usp

O isolamento social tem sido um dos assuntos mais discutidos na pandemia. Efetivamente, ele salva vidas? Era essa a resposta que os pesquisadores do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) Paulo José da Silva e Claudia Sagastizábal queriam ter quando iniciaram um estudo matemático em colaboração com Tiago Pereira e Alexandre Delbem e que resultou em uma página que pode ser consultada pela população.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

ecoa uol

 

Pesquisadores da Unicamp descobriram como salvar mais de uma pessoa por minuto nesta pandemia. Um doce para quem acertar o milagre: sim, é ficar em casa. O anticlimático das evidências é ser essa coisa chata que continua na mesma todos os dias, factuais, sem nenhum talento para o ritmo das redes sociais. Hoje, mais uma vez, está provado o que todos sabem, ainda que alguns não gostem: a única forma eficaz de combate à pandemia é o isolamento social.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

olhar digital

 

Uma plataforma criada por pesquisadores do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp foi capaz de calcular a quantidade de vidas salvas a partir da implementação das medidas de isolamento social no Brasil.

 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa!

cbn

 

Professor do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica da Unicamp, Paulo Silva comenta estudo que estima que o isolamento social mínimo de 50% contra o novo coronavírus, nas próximas duas semanas, pode salva uma vida a cada 4 minutos.

 

CLIQUE AQUI para ouvir a reportagem!

band

 

Uma pesquisa da Unicamp mostrou a importância do isolamento social. Ela mostra que o isolamento social salva uma vida a cada 4 minutos e 2 segundos. O levantamento apontou que se a gente permanecer com o isolamento social por 14 dias, no dia 21/5 serão salvas 770 vidas no Brasil e 542 no estado de São Paulo.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

logo record

 

Um estudo desenvolve uma plataforma que calcula quantas vidas podem ser salvas com o isolamento social. A taxa de isolamento social influencia diretamente na taxa de reprodução do vírus e, de acordo com o estudo realizado pelos pesquisadores do centro de matemática aplicada da Unicamp, se a taxa de adesão no estado de São Paulo estiver acima de 50% nos próximos 14 dias, mais de 8 mil vidas serão salvas. Esse número, apesar de significativo, é pequeno perto da previsão do estado, que estima cerca de 100 mil casos da covid-19 até o fim de maio, caso o isolamento esteja em 55%.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

uol

Cálculos feitos por matemáticos da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) estimam que o Brasil pode salvar uma vida a cada 1,3 minuto se respeitar as medidas de isolamento social nas próximas duas semanas. O estudo "Vidas Salvas", desenvolvido por Paulo J. S. Silva e Claudia Sagastizábal em parceria com o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) da USP (Universidade de São Paulo), se baseia nos dados divulgados diariamente pela União, pelos estados e pelos municípios e compilados pelo Observatório Covid-19 BR.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

Página 1 de 2