Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Inteligência Computacional

exame

 

A fim de diminuir os acidentes e as mortes que ocorrem todos os anos no trânsito no Brasil, estudantes de engenharia da USP de São Carlos criaram um aplicativo baseado em gamificação para diminuir acidentes de trânsito.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

ag fapesp logo alt

A fim de diminuir os acidentes e as mortes que ocorrem todos os anos no trânsito no Brasil, estudantes de engenharia da USP de São Carlos criaram um aplicativo baseado em gamificação para diminuir acidentes de trânsito.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

jornal da usp

Uma ciência que não vive somente de cálculos, mas ajuda a transformar dados em informações que podem ser aplicadas em diversas situações. Essa é a estatística, profissão cada vez mais valorizada pelo mercado e requisitada em diversos setores. Para falar sobre essa área do conhecimento e sua importância, o USP Analisa desta semana traz o docente do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, Francisco Louzada Neto.

 

CLIQUE AQUI para acessar a reportagem!

g1

 

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP) oferece um curso gratuito de programação para crianças e adultos em São Carlos (SP). Neste sábado (9), ocorre um evento de apresentação no campus às 14h. São 80 vagas disponíveis e as inscrições podem ser feitas no site do ICMC.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

uol

Os androides já estão entre nós. Mas eles ainda são bem diferentes daqueles idealizados pelo filme "Blade Runner – O Caçador de Androides" (1982). Na ficção, o ano é 2019. Distinguir um androide de um humano é tarefa difícil. Eles foram criados para servir e substituir o homem em atividades de risco.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

g1

 

Cada vez mais, os processos ligados à robótica e à inteligência artificial têm tomado conta da sociedade, facilitando o cotidiano das empresas e das pessoas, de uma maneira geral. E como há sempre algo novo a ser descoberto, a tendência é que as pesquisas no setor não parem. Professores e alunos da Universidade Federal de Alfenas (Unifal) estão desenvolvendo projetos que utilizam inteligência artificial no desenvolvimento de soluções para as mais diversas áreas, como a medicina, economia e até mesmo a astronomia.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

Identificação de madeiras

pesquisa fapesp

 

Dois sistemas de visão artificial, que usam imagens para identificar e classificar madeiras, foram desenvolvidos recentemente em São Paulo. Um deles, chamado NeuroWood, contou com pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Itapeva, e do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP) em São Carlos. Ele é composto por um conjunto de câmeras (webcams), um computador e um programa que diferencia a madeira em três categorias: A (excelente), B (boa) e C (rejeitada). O outro, criado no Instituto de Física da USP em São Carlos (IFSC-USP), é um método matemático que deu origem a um software capaz de determinar a espécie de árvore da qual determinada tábua provém. As duas tecnologias se destinam principalmente aos setores madeireiro e moveleiro.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

jornal da usp

“Quanto mais interessante for o estímulo e mais simples a linguagem do conteúdo transmitido aos alunos, mais fácil eles aprendem”. O depoimento é de Márcio Fessel, durante o curso de robótica para a capacitação de professores do ensino médio, oferecido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos. Ele é um dos 40 professores da rede pública de ensino que participaram da iniciativa realizada entre os dias 11 de março e 27 de maio no ICMC.

 

CLIQUE AQUI para ler a notícia completa!

 

logo record

 

Uma pesquisa comprova que mais de 28 milhões de Brasileiros convivem com uma doença conhecida como zumbido no ouvido. Conheça a pesquisa que uniu Brasil e Oriente Médio no combate a este incômodo.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

eptv logo

 

 

Quem tem sabe o quanto é irritante o zumbido, aquele barulhinho chato, constante no ouvido. E acreditem: incomoda 28 milhões de brasileiros. Mas pesquisadores da USP em São Carlos descobriram uma região do cérebro que pode ajudar no tratamento.

 

CLIQUE AQUI para assistir à reportagem!

Página 1 de 2