Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Comunicação CeMEAI

Comunicação CeMEAI

Assine a newsletter do CeMEAI!

Receba todas as notícias do Centro no seu e-mail

 

unnamed

 

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) tem uma novidade para todos que acompanham as notícias do Centro. Como uma forma de enviar todas as reportagens, notícias e eventos aos interessados, foi criada uma newsletter: a CeMEAI News.

Para receber as novidades, é necessário inscrever-se na newsletter. O processo é bem rápido: é só clicar no banner "assine nossa newsletter", no canto inferior direito da homepage do CeMEAI, e preencher os campos de nome e e-mail. A partir daí, o usuário receberá todas as edições da CeMEAI News diretamente no e-mail cadastrado.

Assine a CeMEAI News!

 

 

Professor do IFSC fala sobre aviação no Seminário de Coisas Legais

1º evento do semestre ocorreu nesta sexta-feira, 14, no ICMC/USP

 

Com o título "Física e Aeronáutica: como os aviões voam e experiências pessoais”, foi realizado nesta sexta-feira (14) o primeiro Seminário de Coisas Legais do segundo semestre de 2018.

Veja como foi:

Professor do IFSC fala sobre aviação no Seminário de Coisas Legais

O professor aposentado Eduardo Ernesto Castellano, do Instituto de Física de São Carlos, foi o apresentador do Seminário de Coisas Legais desta sexta-feira. Veja como foi o evento:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Sexta, 14 de setembro de 2018

O Seminário de Coisas Legais volta no dia 28 de setembro. A agenda completa para o segundo semestre pode ser conferida na página do evento.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Empresas buscam soluções na Escola de Big Data Analysis

Segunda edição do evento teve apoio do CeMEAI e contou com dez minicursos

 

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos sediou entre os dias 2 e 6 de setembro a segunda edição da Escola Avançada em Big Data Analysis, evento voltado a discussão de tecnologias utilizadas para analisar grandes volumes de dados.

A Escola é organizada pelo Departamento de Ciências da Computação do ICMC e contou mais um ano com o apoio do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), do Centro de Robótica de São Carlos (CRob) e da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP.

Veja como foi:

 

Empresas buscam soluções na Escola de Big Data Analysis

A segunda edição da Escola Avançada em Big Data Analysis foi realizada no Icmc Usp na última semana. Veja como foi o evento, voltado a discussão de tecnologias utilizadas para analisar grandes volumes de dados: https://goo.gl/u2ahRZ

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Seminário de Coisas Legais vai debater Física e Aeronáutica

Evento ocorrerá nesta sexta-feira, 14, no ICMC/USP

 

frame

 

O Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos receberá mais uma edição do Seminário de Coisas Legais na próxima sexta-feira (14), com o palestrante Eduardo Ernesto Castellano, professor aposentado do IFSC-USP.

A apresentação tem como título "Física e Aeronáutica: como os aviões voam e experiências pessoais”. O evento será realizado no auditório Fernão Stella de Rodrigues Germano, no bloco 6 do ICMC, e tem início previsto para as 13h13. A apresentação é aberta ao público.

A agenda com este e outros Seminários de Coisas Legais deste semestre podem ser conferidos nesta página.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Redes Criminais é tema de palestra com agente da Polícia Federal

Bruno Requião falou sobre o trabalho que usa a matemática na redução dos índices

 

bruno requiao

 

Polícias e agências de inteligência em todo o mundo trabalham para encontrar formas eficazes de combater o crime organizado e reduzir a criminalidade. No Brasil, estimativas apontam para redes clandestinas formadas por cerca de 10 mil indivíduos ou mais atuando em crimes como assalto a bancos, tráfico, pedofilia, fraudes financeiras, lavagem de dinheiro, corrupção, entre outros.

Até bem pouco tempo, a estrutura, robustez, topologia e outras características dessas redes criminais não contavam com a matemática como aliada para entendê-las e propor soluções de controle da criminalidade. Uma realidade que vem mudando.

Bruno Requião da Cunha é físico e agente da Polícia Federal no Rio Grande do Sul e, a convite do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), ministrou palestra na segunda-feira, 3, para um público de alunos, professores e pesquisadores em um dos auditórios do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.

Segundo ele, a apresentação teve como proposta mostrar como o estudo de redes complexas pode ajudar a enfrentar a criminalidade de uma maneira mais eficiente, apresentando soluções novas para um problema antigo no Brasil.

“Queremos entender a maneira como essas redes se estruturam, como geram fragilidades na arquitetura dos relacionamentos e, com isso, explorarmos a aplicação de estratégias para combater o crime organizado, descobrir essas fragilidades não é algo trivial, sozinho um investigador não conseguiria olhar para uma rede formada por milhares de indivíduos. Precisamos dessas ferramentas matemáticas e computacionais para enxergar o ponto nevrálgico da rede com os indivíduos chaves nas investigações”, comentou.

Ainda segundo Bruno, efetivamente, este trabalho que conta com a cooperação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e especialistas, teve início no país em 2014 e já é possível apontar os resultados positivos.

“Temos muitos artigos sendo compartilhados e aplicamos as técnicas em investigações da Polícia Federal, como recentemente ocorreu na Operação Darknet que desmantelou uma rede de pedofilia, utilizando esses conceitos e foi um sucesso. Foi a maior investigação de pedofilia do Brasil, salvando muitas crianças”, lembra.

“Eu acho que a matemática está em tudo, precisamos entender que em qualquer fenômeno, desde o menor ao maior, a matemática está envolvida. Aos poucos, estamos mudando a tradição de achar que os fenômenos naturais não podem ser explicados matematicamente, sim, eles podem e à medida que começamos a fazer isso, os resultados começam a aparecer rapidamente. Está crescendo o número de matemáticos, físicos e cientistas da computação, de engenheiros interessados em aplicar matemática nos fenômenos sociais, no crime e o potencial disso é enorme. Precisamos acreditar que de fato a matemática tem uma solução nova para um problema antigo que é a criminalidade e ela pode apresentar resultados diferentes”, completou Bruno.

O pós-doutorando Luiz Gustavo Alves, do CeMEAI, participa de um projeto internacional de pesquisa que visa auxiliar nos crimes de corrupção e, junto de um dos pesquisadores do Centro, André Carlos Ponce de Leon Ferreira de Carvalho, foi o incentivador da vinda de Bruno Requião à USP de São Carlos.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

IBB sedia II Workshop de Otimização

Evento será realizado na última semana de setembro

ii workshop otimizacao

O Instituto de Biociências de Botucatu (IBB) da UNESP sediará, nos próximos dias 27 e 28 de setembro, o II Workshop de Otimização. O evento é coordenado pela professora Helenice Florentino, pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI).

O Workshop contará com um minicurso da linguagem de programação Julia, palestras com renomados pesquisadores nacionais e internacionais, além de apresentações técnicas orais e pôsteres. Todas as atividades serão realizadas no IBB.

As inscrições são abertas a todos os interessados e podem ser feitas no site do II Workshop de Otimização, onde também constam a programação dos dois dias e a relação dos palestrantes convidados.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Trabalho de pesquisador do CeMEAI recebe prêmio internacional

Artigo foi condecorado em conferência na Malásia

 

papa
João Paulo Papa, da Unesp e do CeMEAI

 

A cidade de Kuching, na Malásia, recebeu no último mês de julho a 2ª edição da International Conference on BioSignal Analysis, Processing and Systems (ICBAPS 2018). O evento teve o objetivo de fornecer possibilidades de diálogos e trocas de experiências entre pesquisadores e membros da indústria da área de processamento, análise e sistemas de biossinais.

A conferência contou com uma premiação para o melhor artigo apresentado e o vencedor foi “An Efficient Optimization Technique of EEG Decomposition for User Authentication System", que tem como um de seus autores o professor João Paulo Papa, da Faculdade de Ciências da Unesp em Bauru e pesquisador do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI).

“O objetivo do trabalho é estudar técnicas de identificação biométrica de pessoas utilizando sinais de eletroencefalograma. O trabalho é feito em parceria com pesquisadores da Malásia, da Jordânia e do Iraque, que atuam na parte de aquisição de dados, e eu contribuo com a parte das técnicas de otimização e aprendizado de máquina”, destaca Papa.

Uma vertente do trabalho já havia sido publicada no World Congress on Computational Intelligence, que foi realizado no Rio de Janeiro também em julho deste ano. “Neste trabalho, propusemos uma técnica para melhorar a qualidade do sinal de eletroencefalogramas que, posteriormente, pode ser utilizado para a identificação de pessoas. Agora, estamos preparando uma versão final ampliada”, explica o pesquisador.

Os próximos passos do trabalho, segundo o professor, são investigações mais profundas de técnicas que podem ser aplicadas. “Por enquanto, ainda não discutimos a possibilidade de desenvolver um software. Estamos desenvolvendo a técnica computacional e iremos focar nos estudos de outras técnicas para melhorar a qualidade do sinal e técnicas de aprendizado de máquina que podem melhorar a eficácia no processo de identificação das pessoas”, finaliza.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Ainda dá tempo de participar do CNMAC 2018 como ouvinte

Congresso será em Campinas entre 17 e 21 de setembro

 

imecc 2

 

O 38° Congresso Nacional de Matemática Aplicada e Computacional (CNMAC) está chegando e esta edição ocorrerá de 17 a 21 de setembro em Campinas, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) no Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC).

Ainda dá tempo de participar como ouvinte deste que é o evento mais importante da SBMAC (Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional) e tem por objetivo congregar  professores, pesquisadores e profissionais, de universidades, centros de pesquisa e empresas, das mais diversas áreas da Matemática Aplicada e Computacional, para divulgar e discutir os resultados (conclusivos e em desenvolvimento) das suas pesquisas e tomar ciência da produção científica  nas principais instituições nacionais.

O programa do CNMAC inclui minicursos, minissimpósios, conferências, sessões técnicas de comunicação oral, sessões de painéis gerais e painéis de iniciação científica. Além disso, são promovidas sessões especiais dedicadas ao Ensino, incluindo atividades para professores do ensino básico.

A boa notícia é que a organização conseguiu estender o prazo para inscrição com desconto para aqueles que desejam participar como ouvintes até o dia 06 de setembro. Basta acessar o site do evento para obter os detalhes e também a programação atualizada do Congresso.

As inscrições para submissão dos trabalhos já foram encerradas.

Neste ano, o evento coincide com 40 anos da SBMAC e também com os 50 anos do IMECC-UNICAMP.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pesquisadores do CeMEAI participam do IWLS 2018

Evento será realizado em Ubatuba na próxima semana

 

faixa iwls

 

Entre os dias 22 e 24 de agosto deste ano, a cidade de Ubatuba (SP) sediará a nona edição do International Workshop on Lot Sizing (IWLS). O objetivo do evento é discutir avanços recentes na área, apresentar novas abordagens para problemas clássico e apresentar novos problemas relevantes e as suas integrações com outros problemas em diversos meios industriais.

Fazem parte do comitê organizador os professores Silvio Araujo (UNESP), Pedro Munari (UFSCar) e Maristela Santos (USP), que são pesquisadores do CeMEAI, e Kelly Poldi, da UNICAMP. “No Brasil, temos vários pesquisadores da área e o evento vai permitir que os alunos de mestrado e de doutorado dos nossos programas de pós-graduação discutam os avanços com diversos pesquisadores renomados que estarão no evento.  Há um incentivo muito grande para a participação de alunos de pós-graduação, que são isentos de pagamento da taxa de inscrição”, destaca Maristela.

Pela primeira vez no Brasil, o evento reunirá pesquisadores de diversos países e instituições que estarão imersos durante os dias do evento trocando informações e estabelecendo colaborações futuras.

A programação, os proceedings e outras informações sobre o evento estão disponíveis no site do IWLS 2018.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CeMEAI apoia empreendedorismo de ex-alunos

Depois de passar pelo Centro, criam spin-off de consultoria

 

A iniciativa de dois ex-alunos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos que também participaram de pesquisas apoiadas pelo Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), Luiz Henrique Cherri e Leandro Resende Mundim, resultou na empresa ODM (Optimized Decision Making).

Consultorias, desenvolvimento de softwares e treinamentos são as principais áreas atacadas pelos mestres e doutores com experiência na resolução de problemas industriais.

“Nossa expertise é identificar, modelar matematicamente e propor soluções de alta qualidade para estes problemas de clientes nas mais diferentes áreas de atuação. Tais soluções são entregues na forma de relatórios, consultorias e sistemas computacionais personalizados”, explicou o presidente e diretor de tecnologia da ODM, Luiz Henrique Cherri.

A spin-off também conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) via Programa Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) com projeto aprovado para inovações na indústria cerâmica.

Leandro Resende Mundim é o diretor executivo da empresa e comentou sobre a decisão acertada de deixar a carreira acadêmica para empreender. “Eu sempre acreditei que seguiria minha carreira dentro da universidade, mas em algum momento eu decidi que, diante de tantos problemas governamentais em nosso país, meu trabalho como pesquisador até o doutorado poderia contribuir de uma forma mais efetiva”, comentou.

Ainda segundo ele, os projetos que eles trabalham na ODM são projetos que realmente acreditam e podem trazer benefícios reais à população.

“Nós sabemos que a parcela de pessoas que saem da universidade para empreender ainda é pequena, mas vale a pena. A expectativa quando você sai da universidade e vai para o mercado de trabalho é como se você estivesse pulando sem boia em um oceano. Mas a verdade, é que dentro da universidade você já aprendeu a nadar há muito tempo”, finalizou Leandro.

Saiba mais sobre essa história:

 

CeMEAI apoia empreendedorismo de ex-alunos

Ex-alunos do Icmc Usp, Luiz Henrique Cherri e Leandro Resende Mundim participaram de pesquisas apoiadas pelo CEPID - CeMEAI e criaram uma spin-off de consultoria: a ODM. Conheça melhor essa história: https://goo.gl/5xYjHo

Publicado por CEPID - CeMEAI em Terça-feira, 14 de agosto de 2018

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar, IMECC-UNICAMP, IBILCE-UNESP, FCT-UNESP, IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Página 1 de 63