Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Comunicação CeMEAI

Comunicação CeMEAI

V Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais - Bionexo

 

A Bionexo foi uma das instituições que participaram do V Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, realizado pelo CEPID - CeMEAI. Confira o relato de quem participou da discussão do problema e acesse o relatório produzido pelos pesquisadores!

 

V Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais - Bionexo

A Bionexo foi uma das instituições que participaram do V Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, realizado pelo CEPID - CeMEAI. Confira o relato de quem participou da discussão do problema:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Íntegra - Seminário de Coisas Legais: A dieta ótima de Dantzig

 

A última edição do Seminário de Coisas Legais em 2019 foi apresentada na última sexta-feira pela professora Franklina Toledo, pesquisadora do CeMEAI. Confira a íntegra da palestra:

 

Íntegra - Seminário de Coisas Legais: A dieta ótima de Dantzig

A última edição do Seminário de Coisas Legais em 2019 foi apresentada na última sexta-feira pela professora Franklina Toledo, pesquisadora do CEPID - CeMEAI. Confira a íntegra da palestra:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Comitê Internacional aponta progressos em áreas de atuação do CeMEAI

Qualidade e quantidade de colaborações industriais e publicações científicas são destaques 

 

 

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) recebeu nos dias 7 e 8 de novembro, em São Carlos, os professores Willian Meeker (Iowa State University), Wil Schilders (Eindhoven University of Technology) e João Fernando Gomes de Oliveira (Escola de Engenharia de São Carlos), membros do International Advisory Committee (lAC), responsável por acompanhar as atividades do Centro e apontar caminhos de desenvolvimento, por intermédio de um relatório que já foi concluído. Este acompanhamento ocorre a cada dois anos com a participação da diretoria e pesquisadores principais apresentando os resultados das pesquisas as ações e os projetos em andamento.

Segundo a análise dos especialistas neste relatório, o IAC apresentou um progresso impressionante desde a reunião de 2017, na qualidade e quantidade de colaborações industriais e publicações científicas.

Na  recente edição, a primeira parte dos trabalhos foi apresentada pelos coordenadores de cada área de atuação. Francisco Louzada Neto, falou sobre Transferência de Tecnologia e recebeu o seguinte retorno do comitê. “Uma visão geral impressionante das atividades de Transferência de Tecnologia foi apresentada no tocante às iniciativas e processos em desenvolvimento pelo CeMEAI. O número de empresas aumentou significativamente, resultando em considerável aumento de acordos industriais, projetos, financiamento e spin-offs”.

Foram apresentadas e bem avaliadas ainda as áreas de Educação e Difusão que tem como coordenador Lucio Tunes dos Santos, Mecânica dos Fluidos Computacional que teve apresentação de João Filgueiras de Azevedo, atual presidente do CNPq. “A área principal de CFD mantém seu alto nível de excelência no trabalho em aeronáutica e aeroespacial, e agora, com o novo projeto com a Petrobras. A interação com a sociedade parece aumentar e também com as outras áreas do CeMEAI, como aprendizado de máquina”, comentaram os membros do IAC.

Eles também analisaram as áreas de Otimização e Pesquisa Operacional apresentada por José Mario Martinez, Ciência de Dados, por Rodrigo Fernandes de Mello e Análise de Risco que foi explicada por Louzada.

Fabrício Simeoni de Sousa falou sobre as ações relacionadas ao Cluster Euler.  “A administração do cluster é uma referência para o Brasil. Eles estão monitorando constantemente a arquitetura do sistema para atender melhor os usuários. O uso da máquina é impressionante, com cerca de 200 usuários externos”, apontou o relatório.

No segundo período, parceiros do CeMEAI participaram da reunião falando sobre os projetos realizados de forma conjunta. Foi o caso de Edgar Zanotto que mostrou a participação da matemática do CeMEAI nas pesquisas do Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros (CERTEV) e falou sobre o projeto EduSCar com escolas públicas de São Carlos. O Secretário Municipal de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia de São Carlos, José Galizia Tundisi, falou das ações junto à Prefeitura Municipal. André Pierre Mattei e Márcio da Silva Arantes, pesquisadores do Senai Florianópolis, comentaram as parcerias com a Unidade Embrapii do SENAI/SC.

“Nós notamos melhorias drásticas em duas direções. Uma é que parece haver muito mais colaborações diretas, com projetos, ajudando a empresa e a sociedade com novas ferramentas e métodos matemáticos. A outra é que, enquanto desenvolvem esses projetos, eles fazem pesquisa em matemática e estatística, gerando novo conhecimento também. Os resultados têm sido divulgados como publicações e, assim, esse novo conhecimento fica disponível para que outras pessoas possam utilizá-lo também. Fiquei bem impressionado com isso”, comentou Willian Meeker.

O segundo dia de atividades foi dedicado às apresentações de grandes projetos e pesquisas de destaque. Tiago Pereira falou sobre os resultados no país e exterior de seu trabalho denominado Reconstruction of Complex Networks. Fabrício Sousa demonstrou o convênio com o Petrobras de métodos para simulação de reservatórios de petróleo. Francisco Louzada falou sobre os avanços de projetos na área de estatística e medicina. Alexandre Delbem expôs as descobertas na pesquisa que busca auxiliar no tratamento do zumbido de ouvido. E Luis Gustavo Nonato contou sobre o trabalho desenvolvido em parceria com o CEPID Centro para o Estudo da Violência que usa Ciência de Dados para auxiliar agentes de segurança e população.

“O sucesso do CeMEAI nesses projetos maiores está muito ligado à capacidade de se integrar com outras áreas e problemas das empresas que não só a matemática em si e, aumentar essa integração nos próximos anos, é uma de nossas sugestões do comitê consultivo”, disse João Fernando Gomes de Oliveira.

Ainda segundo ele, as conexões com outros grupos de pesquisa, empresas, governo e setores da sociedade merecem destaque no último ano. “Os recursos financeiros obtidos cresceram de maneira impressionante e estamos surpresos de como os pesquisadores conhecem os problemas da sociedade, essa visão realista envolve alunos e outros membros da academia. Houve um amadurecimento muito grande deste grupo de pesquisadores que estabelece pra si próprios a missão de produzir impacto e ajudar o setor empresarial. Cria-se um valor nesse grupo que é muito positivo, tem mérito e é raro em um ambiente universitário. É muito gratificante confirmar que o CeMEAI realmente coloca em prática as recomendações que fazemos, nos sentimos contribuindo e participando de todo desenvolvimento gerado”.

Wil Schilders, da Eindhoven University of Technology, também opinou. Segundo ele, nos próximos anos o CeMEAI poderia desenvolver novos projetos com pequenas e médias empresas que podem até desconhecer seus problemas matemáticos. “Muitas vezes, essas empresas não têm dinheiro para arcar com o projeto ou uma consultoria e o Centro poderia ajudar. Acho que existem muitas oportunidades. É necessário olhar para as oportunidades que necessitam de matemática para resolver os problemas, mas não para matemática já existente”.

Para José Alberto Cuminato, diretor do CeMEAI, a avaliação da reunião do IAC foi bem positiva. “Tivemos um retorno dos avaliadores sobre as atividades que vimos realizando e nos foram recomendadas na reunião anterior, em setembro de 2017. As reuniões do IAC por não serem avaliativas, mas consultivas, fornecem parâmetros para as atividades futuras do Cepid-CeMEAI e é também uma boa oportunidade para os participantes dos vários grupos inteirarem-se das atividades dos demais, promovendo a colaboração interna do Cepid. Desta feita, tivemos a participação de nossos colaboradores dos Cepids Certev e do NEV.  Na avaliação do IAC o CeMEAI está entregando o prometido e tivemos então uma oportunidade para traçar diretrizes para continuar nessa trilha”, finalizou.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Íntegra - "A Terceira Margem": Ciência orientada a soluções

 

Martin Tygel, professor aposentado do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Unicamp, falou sobre ciência orientada a soluções na última edição do ciclo de palestras "A Terceira Margem". Confira a íntegra da apresentação:

 

Íntegra - "A Terceira Margem": Ciência orientada a soluções

Martin Tygel, professor aposentado do Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica, falou sobre ciência orientada a soluções na última edição do ciclo de palestras "A Terceira Margem". Confira a íntegra da apresentação:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Otimização e dieta no Seminário de Coisas Legais

Última edição do ano teve apresentação de Franklina Toledo

 

O economista George Joseph Stigler e o matemático George Dantzig foram inspiração para a apresentação do último Seminário de Coisas Legais de 2019, com a professora Franklina Toledo, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos e pesquisadora do CEPID-CeMEAI.

Franklina combinou otimização e dieta e mostrou como a matemática pode ajudar.

Veja como foi a apresentação:

 

Otimização e dieta no Seminário de Coisas Legais

O Seminário de Coisas Legais de hoje falou sobre dieta e otimização. Veja como foi a apresentação de Franklina Toledo, pesquisadora do CEPID - CeMEAI:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Post-Doctoral Fellowship

Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas - IBILCE

Universidade Estadual Paulista - UNESP

Supervisor: Geraldo Nunes Silva

 

We have a postdoc fellowship position open to applicants of any nationality, to work on the project MAGIC - Multi-Agent Control and Estimation for Multi-Horizon Goals Conciliation. This opportunity is within the Cooperation Agreements between Portuguese Foundation for Science and Technology - FCT and Sao Paulo Research Foundation - FAPESP  - Call for Proposals (2018) and is also part of the Center for Mathematical Sciences Applied to Industry.  

The postdoc fellow will be part of the Brazilian team and will be primarily working at Institute of Biosciences, Letters and Exact Sciences - IBILCE, with opportunities to also interact with researchers from Portugal.

 

Research Topic Description

This project concerns the design, development, analysis, and synthesis of a novel control and estimation architecture for multi-agent systems in which short term individual goals conflict with the long term desirable, or even non-negotiable, system evolution. The envisaged control and estimation framework is a kernel to feed Decision-Support Systems for all decision-making instances within the system.

The range of problems motivating such an architecture is extremely diverse and pervasive: sustainable exploitation of natural resources, governance of production and consumption systems, management of all sorts of societal systems (health, education, mobility, entertainment, etc.), and, among others, control of artificial systems subject to constraints on the required resources.

The research effort in this project will deal with Sustainable Management of Agricultural Production Factors.

A Basic Mathematical Framework for Networked Multi-Time Horizon Conciliating Coordinated Control - An abstract bi-level framework will be formulated in order to take into account, not only the behavior of the various, possibly interacting, agents (dynamic systems) while optimizing their own performance functions in the short term subject to their constraints, as well as, the decision-making coordinating process that, by specifying appropriate control constraints for each one of the agents, ensures that a global target or performance level of common interest is attained.

Thus, the proposed framework encompasses two types of problems: The decision-making/optimal control problem for each agent, and the decision making problem of the coordinator that specifies a ``fair'' penalization for each one of the agents. One important challenge consists in the specification of a set of assumptions enabling the prediction of future behaviors of the various agents. Another key challenge consists in the choice of performance functional so that "fairness" is an attribute of the resulting coordinating strategy.

 

Candidate Skills

This Post-Doctoral Position is to be filled with a person who has a strong background in control theory and\or optimization with some experience in computer programming and systems simulation. It is expected that the successful candidate has good teamwork and leadership skills and is willing collaborate with both teams in Brazil and Portugal.

 

Fellowship

  • The selected candidate will be awarded with a FAPESP Post-Doctoral fellowship. It includes a monthly stipend of R$ 7,373.10 [1] plus a research contingency fund of 15% of the annual value of the fellowship, each year. For more details, please see www.fapesp.br/en/5427, modality (a) -- the process to which the fellowship is linked is 2018/08036-8.
  • doctorate degree must have been earned no longer than seven years before the beginning of the postdoc fellowship
  • The fellowship is for two years, renewable for one more year.

 

Application instructions

  • The position is available immediately, with application subject to approval by FAPESP.
  • Applications will be accepted until November 30, 2019.
  • Interested candidates should submit an email to Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., containing the following information:
    • - a Resumé and full academic records, including GPA,
    • - a brief cover letter explaining research experiences, how research interests fit the goals of the project, career plans, and convenient starting date,
    • - the names and contact information of two references familiar with the applicant's research and academic work,
    • - list of scientific publications including Master and PhD Theses.

 

Further information

For additional information, please contact Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Experiências com a indústria são compartilhadas no SIBGRAPI 2019

CeMEAI esteve representado no evento da Sociedade Brasileira de Computação

 

sibgrapi 2019

 

O SIBGRAPI, o SVR e o SBGames são eventos realizados pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC) com o intuito de expandir as fronteiras do conhecimento nas ciências da computação, especialmente no que se refere à computação gráfica e processamento de imagens e também na área de games.

Na edição de 2019, que ocorreu no Rio de Janeiro, entre os dias 28 e 31 de outubro, o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) esteve representado pelos pesquisadores Antônio Castelo Filho, Leandro Franco de Souza e Afonso Paiva Neto do ICMC/USP e João Paulo Papa, da Unesp/Bauru.

Antonio Castelo Filho explica que o objetivo do workshop que reuniu 270 inscritos foi mostrar para o público do congresso trabalhos relacionados com a área de computação gráfica e processamento de imagens, previamente submetidos no qual foram selecionados os três melhores e também três palestrantes convidados para as sessões.

Juntamente com o Prof. Bruno Feijó (PUC- Rio), Castelo organizou o Workshop de Aplicações da Indústria (WIA) que tratou das contribuições que descrevem soluções baseadas em gráficos, padrões e imagens para problemas aplicados pela indústria.

Como palestrante convidado, Leandro participou de atividades relacionadas ao tema “CFD Applications in Industry”. Ele também falou sobre os objetivos e projetos do CeMEAI que acumulam resultados nas mais diversas áreas industriais.

leandro

O professor Leandro Franco de Souza apresentou o CeMEAI no evento

Afonso Paiva Neto participou da sessão de Geometria e Animação, com o tema “Boundary particle resampling for surface reconstruction in liquid animation”.

Ponto de encontro entre cientistas, acadêmicos, profissionais, estudantes e empresários interessados e participantes do setor há 32 anos, o congressos teve quatro dias de intensos debates, apresentação de trabalhos de pesquisa e networking para apresentar resultados dos trabalhos realizados nos últimos anos e buscar desenvolver a ciência no Brasil.

João Paulo Papa também participou como chair de um dos workshops temáticos e de uma sessão de artigos sobre processamento de imagens. “Também tivemos um artigo aceito para apresentação na área de segurança de trabalhadores industriais, em específico oficinas da Petrobras, pois possuímos um projeto em conjunto com eles nessa área”, explicou Papa.

“O evento é um dos mais tradicionais e importantes da área de computação gráfica, processamento de imagens e reconhecimento de padrões no Brasil, sendo um fórum bastante importante para divulgação científica. Como ex-membro do CEGRAPI (Comissão Especial de Computação Gráfica e Processamento de Imagens) da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), participei de reuniões para tomada de decisões no que diz respeito ao avanço da área no Brasil”, disse.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Seminário de Coisas Legais recebe pesquisadora do CeMEAI

Franklina Toledo apresenta a última edição do evento em 2019

 

fran

 

O que a matemática tem a ver com a dieta? Na próxima sexta-feira (8), a professora Franklina Toledo, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos, colocará o assunto em pauta na última edição do Seminário de Coisas Legais em 2019.

Franklina, que também é pesquisadora do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), trabalha com a área de otimização e vai mostrar, de uma maneira divertida, como ela pode ser aplicada à dieta.

O Seminário de Coisas Legais é aberto ao público e não demanda inscrição prévia. O evento terá início às 13h13 e será realizado no auditório “Fernão Stella de Rodrigues Germano”, no bloco 6 do ICMC.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Workshop debate formação do preço de energia elétrica

Evento ocorreu em Florianópolis e teve apoio do CeMEAI

 

IMG 7930  IMG 7984

 

O 1º Workshop on Computing Efficient Energy Prices reuniu, em Florianópolis (SC), especialistas do setor elétrico brasileiro para discutir o impacto dos diferentes mecanismos e metodologia destinados ao cálculo do preço horário da energia elétrica.

O Workshop, que contou com o apoio institucional do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e foi organizado pelo Laboratório de Planejamento de Sistemas de Energia Elétrica (LabPlan), da UFSC, Norus e Norte Energia, contou com a participação de 150 pessoas e dos pesquisadores especialistas nesta área, Claudia Sagastizábal e Paulo J. S. Silva (IMECC/Unicamp).

Paulo colaborou no bloco intitulado Definição do Preço em Modelos com Unit Commitment, ministrando uma palestra plenária sobre conceitos avançados de dualidade relacionados com a definição dos preços horários de energia.

Claudia esteve presente no Painel dedicado a Operação e os Desafios do Preço Horário, debatendo o tema com Mário Daher (Gerente Executivo da ONS), André Diniz (Chefe de Departamento do DEA no CEPEL) e Marcelo Loureiro (Diretor de Energia da ABIAPE).

Únicos representantes da Matemática no evento, Paulo e Claudia falaram sobre resultados do trabalho iniciado em 2018 para aproximar o CeMEAI dos problemas reais do setor elétrico brasileiro. “Tanto as apresentações, quanto as perguntas e discussões da plateia, ensejam a reflexão sobre a importância de continuar a fortalecer a colaboração entre a indústria da energia e o setor acadêmico”, observou Claudia.

“Poder participar do evento foi de fato um privilégio. Reuniões deste tipo apresentam oportunidades únicas para a matemática industrial, pois permitem interagir de modo direto com profissionais do mais alto nível do setor, que trabalham cotidianamente no problema de planejamento ótimo da geração de energia no país. As discussões e questionamentos levantados no workshop enriqueceram a nossa visão dos problemas de otimização a serem resolvidos e abriram vários interrogantes a nível de modelagem, com potencial de se tornarem linhas de pesquisa. Esperamos poder continuar a participar de encontros deste tipo no futuro”.

Ainda segundo a pesquisadora, os assuntos tratados no workshop em Florianópolis se apresentam como uma continuidade natural dos problemas de energia discutidos nas edições de 2018 e deste ano do Workshop de Soluções Matemáticas para Problemas Industriais, com apoio da Engie-Impact e do Cepel. “Estas considerações adquirem relevância particular em vista da entrada em operação do modelo DESSEM desenvolvido pelo Cepel, que será usado pelo ONS para definir a programação diária do sistema interligado nacional, a partir de janeiro de 2020”, finalizou Claudia.

 

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP.

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional.

Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Raquel Vieira- Comunicação CeMEAI

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 3373-6609

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

“A Terceira Margem” fala sobre ciência orientada a soluções

Apresentação de Martin Tygel defendeu mudanças no sistema acadêmico

 

O ciclo de palestras “A Terceira Margem” que ocorre no Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Unicamp trouxe em sua mais recente edição, realizada na terça-feira,29, uma visão transformadora de educação proposta pelo apresentador, o professor titular aposentado do IMECC Martin Tygel. Ele falou sobre suas experiências com os campos acadêmico, científico e profissional e os desafios que vêm surgindo nos mais diferentes setores da educação.

Veja como foi:

 

“A Terceira Margem” fala sobre ciência orientada a soluções

Na tarde desta terça-feira, o Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica recebeu mais uma edição do ciclo de palestras "A Terceira Margem". Confira como foi a apresentação do professor aposentado Martin Tygel:

Publicado por CEPID - CeMEAI em Quarta-feira, 30 de outubro de 2019
Página 1 de 81