Portuguese Chinese (Simplified) English French German Italian Japanese Russian Spanish

Propagação de Rumores e Epidemias

Pesquisadores

Francisco Aparecido RodriguesPablo Martin Rodriguez

O trabalho analisa sistemas complexos para avaliar como é feita a propagação de um rumor ou a disseminação de uma epidemia em redes sociais e tecnológicas. O objetivo é propor modelos matemáticos para prever e controlar a propagação de informações ou doenças infecciosas, mas esse estudo pode ser aplicado a outros sistemas, como o das espécies em uma cadeia alimentar ou redes de aeroportos, que são formadas por voos que conectam pares de cidades.

Os pesquisadores analisam as construções das redes complexas, aquelas em que muitas partes (geralmente milhares) se conectam. No Twitter ou Facebook, por exemplo, cada usuário é um vértice na rede e a interação entre eles forma conexões. Essas conexões podem se dar em vários níveis (patrão e empregado, marido e esposa, pai e filho, colegas de trabalho, amigos de infância, médico e paciente etc). A intenção é descobrir como a estrutura da sociedade, que é um sistema complexo, influencia na propagação de uma informação.

Num primeiro momento, os pesquisadores extraem os dados da web, para então filtrar as informações. Depois, usam os modelos matemáticos para tentar prever os principais propagadores daquele conteúdo. Se for uma epidemia, a partir do mapeamento da propagação, é possível saber quem deve ser vacinado ou isolado para evitar que a doença atinja mais gente. Se for uma informação, onde devo propagá-la para que chegue mais rapidamente a um número maior de pessoas.

Publicações

  1. Francisco A Rodrigues. The impact of information spreading on disease dynamics: Comment on a "Coupled disease-behavior on complex networks: A review" by Z. Wang et al.. Physics of Life Reviews 15:37 - 38, 2015.
    URL, DOI

  2. G Ferraz de Arruda, E Cozzo, T P Peixoto, F A Rodrigues and Y Moreno. Epidemic spreading in interconnected networks: a continuous time approach. ArXiv e-prints, 2015.
    URL

  3. Guilherme Ferraz Arruda, Elcio Lebensztayn, Francisco A Rodrigues and Pablo Martín Rodríguez. A process of rumour scotching on finite populations. Royal Society Open Science 2(9), 2015.
    URL, DOI

  4. Guilherme Ferraz Arruda, André Luiz Barbieri, Pablo Martín Rodríguez, Francisco A Rodrigues, Yamir Moreno and Luciano Fontoura Costa. Role of centrality for the identification of influential spreaders in complex networks. Phys. Rev. E 90:032812, Setembro 2014.
    URL, DOI

Última modificação em Segunda, 27 Junho 2016 19:42