Análise de Risco

Análise de Risco (9)

Sistema de Gestão de Resíduos Sólidos (SISGERES)

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Francisco Louzada Neto, Alexandre Maiorano, Anderson Ara Souza

Sob a tutela do professor Francisco Louzada Neto, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP em São Carlos e coordenador de transferência tecnológica do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CEPID-CeMEAI), pesquisadores desenvolveram um sistema de gerenciamento de resíduos sólidos que pode ajudar – e muito – no controle que os municípios têm sobre os materiais que são descartados.

O sistema recebeu o nome de SISGERES – sigla para Sistema de Gestão de Resíduos Sólidos. O funcionamento é bem simples. A cada despejo de resíduo, o usuário registra no programa a data do descarte, a quantidade e o tipo de material descartado e a origem e o destino dos resíduos. A partir disso, o SISGERES gera tabelas e gráficos que facilitam o entendimento do processo de descarte no prazo de tempo que o usuário quiser.

Plataforma de Avaliação Informatizada

Pesquisadores

Mariana Cúri e Seiji Isotani

Inicialmente chamado Plataforma de Avaliação Informatizada (PAI), o sistema é diferenciado porque não apenas monta as provas, seleciona questões e as corrige automaticamente, mas incorpora módulos estatísticos e matemáticos que permitem que as avaliações sejam adaptativas, personalizadas para cada aluno. Conforme as respostas dadas pelo aluno na prova, é possível escolher uma próxima questão em um banco de dados mais adequada ao nível de dificuldade ou acerto dele, individualizando e aprimorando assim o conteúdo e dificultando as "colas".

O sistema já existente será aprimorado com a participação do grupo de Computação, possibilitando seu uso por outros docentes e também para avaliações de qualquer conteúdo, tais pesquisa de opinião ou marketing, não necessariamente provas ligadas à área educacional.

Diagnóstico de Esquizofrenia

Pesquisadores

Francisco Aparecido Rodrigues

O objetivo principal foi desenvolver um modelo matemático computacional que permite fazer o diagnóstico sem qualquer tipo de experimento invasivo. A partir de um scanner de ressonância magnética, é feito um mapeamento do cérebro e a análise dos dados das redes corticais.

A pesquisa já conseguiu identificar a diferença básica entre o cérebro de uma pessoa que tem ou não a esquizofrenia. Quando a pessoa tem a doença, o cérebro é menos organizado em determinadas regiões do que o de uma pessoa que não tem a esquizofrenia. São extraídas e analisadas 54 características e, por intermédio de um grafo, é possível afirmar com 80% de chance que trata-se de um paciente com o distúrbio.

Agora, o próximo passo é aplicar o mesmo método para diagnosticar outros tipos de doenças degenerativas como o autismo. E uma parceria junto ao Donders Institute (Instituto Holandês de Estudos do Cérebro) irá unir força neste trabalho.

Publicações

{bibtex}esquizofrenia.bib{/bibtex}

Modelagem Estatística de Dados de Malária

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Francisco Louzada Neto, Vicente Garibay Cancho e Cor J. F. Fontes (DM-UFMT).

O estudo tem como base informações fornecidas pela UFMT e tem avançado no sentido de entender melhor quais são as chances de uma pessoa ter malária mais de uma vez na vida e sugerir ações mais efetivas no controle e combate da enfermidade.

Entre os resultados estão a percepção de que – no banco de dados avaliado – os pacientes com idades superiores a 37 anos têm risco de 40% maior de apresentar a recorrência da malária do que os demais pacientes.

A análise realizada com os dados de malária é um passo preliminar para o desenvolvimento de um modelo ainda mais complexo, considerando talvez outros fatores além dos estudados para a modelagem desses dados”. Os resultados também permitiram identificar, dentre os tratamentos, aquele que é considerado o mais efetivo (artemeter/lumefantrina/primaquina/cloroquina). A probabilidade de ser curado, por exemplo, é de 77% para um indivíduo pertencente ao grupo de referência (pessoas do sexo feminino com idade superior a 37 anos e que receberam tratamento com cloroquina+primaquina).

Sistema de Avaliação Online

Sistema de Avaliação Online (SAO)

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Francisco Louzada Neto, Anderson Ara Souza

The SAO is a web based statistical system to gather and analyze data in real time through a relationship of other solid web tools. This procedure provides real time disposal of results from analysis related to several statistical methodologies in a customizable fashion. The structure is accessible, built with an easily interpretable language and it can be strategically applied to any online applications.

Publicações

{bibtex}sao.bib{/bibtex}

Diminuição dos índices de mortalidade materna e neonatal

Notícias Relacionadas
















Pesquisadores

Gleici Perdoná

The project namely Simplified, Effective, Labor Monitoring to Action (SELMA) is part of a major project: Better Outcomes in Labour Difficulty (BOLD). Its objective is the development of the SELMA tool. SELMA is an algorithm to guide health professionals, offering a solution to avert intrapartum-related fetal death of babies (stillbirth) and neonatal death or severe morbidity. This tool consider different outcomes and predictors which determine the risk of severe perinatal outcomes related to labour, providing customized guidance for the management of labour, including the use of amniotomy, labour augmentation and C-section. It provides a benchmark for labour management in health facilities. Our proposed structure considers a different point of view to answer questions on risk that consider survival analysis to made the SELMA.

Publicações

  1. JP Souza, AP Betran, A Dumont, B Mucio, CM Gibbs Pickens, C Deneux-Tharaux, E Ortiz-Panozo, E Sullivan, E Ota, G Togoobaatar, G Carroli, H Knight, J Zhang, JG Cecatti, JP Vogel, K Jayaratne, MC Leal, M Gissler, N Morisaki, N Lack, OT Oladapo, Ö Tunçalp, P Lumbiganon, R Mori, S Quintana, AD Costa Passos, AC Marcolin, A Zongo, B Blondel, B Hernández, CJ Hogue, C Prunet, C Landman, C Ochir, C Cuesta, C Pileggi-Castro, D Walker, D Alves, E Abalos, ECD Moises, EM Vieira, G Duarte, G Perdona, I Gurol-Urganci, K Takahiko, L Moscovici, L Campodonico, L Oliveira-Ciabati, M Laopaiboon, M Danansuriya, M Nakamura-Pereira, ML Costa, MR Torloni, MR Kramer, P Borges, PB Olkhanud, R Pérez-Cuevas, SB Agampodi, S Mittal, S Serruya, V Bataglia, Z Li, M Temmerman and AM Gülmezoglu. A global reference for caesarean section rates (C-Model): a multicountry cross-sectional study. BJOG: An International Journal of Obstetrics & Gynaecology 123(3):427–436, 2016.
    URL, DOI

  2. Joao Souza, Olufemi Oladapo, Meghan Bohren, Kidza Mugerwa, Bukola Fawole, Leonardo Moscovici, Domingos Alves, Gleici Perdona, Livia Oliveira-Ciabati, Joshua Vogel, Ozge Tuncalp, Jim Zhang, Justus Hofmeyr, Rajiv Bahl, A Gulmezoglu and On WHO BOLD Research Group. The development of a Simplified, Effective, Labour Monitoring-to-Action (SELMA) tool for Better Outcomes in Labour Difficulty (BOLD): study protocol. Reproductive Health 12(1):49, 2015.
    URL, DOI

  3. C Pileggi-Castro, JS Camelo Jr, GC Perdoná, MM Mussi-Pinhata, JG Cecatti, R Mori, N Morisaki, K Yunis, JP Vogel, Ö Tunçalp, JP Souza, WHO Multicountry Survey Maternal and Newborn Health Research Network. Development of criteria for identifying neonatal near-miss cases: analysis of two WHO multicountry cross-sectional studies. BJOG: An International Journal of Obstetrics & Gynaecology 121:110–118, 2014.
    URL, DOI

  4. Renata Y Nishimura, Patricia Barbieiri, Gabriela S F Castro, Alceu Jordão A Jr., Gleici Silva Castro Perdoná and Daniela S Sartorelli. Dietary polyunsaturated fatty acid intake during late pregnancy affects fatty acid composition of mature breast milk. Nutrition 30(6):685 - 689, 2014.
    URL, DOI

Fraudes Eletrônicas

Fraudes Eletrônicas

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Francisco Louzada Neto, Anderson Ara Souza

O trabalho foca no desenvolvimento de novas metodologias para a detecção de fraudes com o uso de modelagem estatística e computacional. Leva em consideração a estrutura aleatória e volátil da fraude para conseguir maior capacidade de prevê-la.

Um modelo pode indicar corretamente quem é e quem não é o fraudador, mas também pode errar e concluir que você é fraudador mas você não é (falso positivo). Ou o contrário: indicar que você não seja um golpista, mas na verdade você é (falso negativo).

A tentativa é desenvolver, com a maior certeza possível, modelos estatísticos que possam prever de forma adequada uma possível fraude e avaliar casos em que não foi fraude, mas sim um erro do sistema, ou do internauta dono do cartão usado.

Propagação de Rumores e Epidemias

Pesquisadores

Francisco Aparecido RodriguesPablo Martin Rodriguez

O trabalho analisa sistemas complexos para avaliar como é feita a propagação de um rumor ou a disseminação de uma epidemia em redes sociais e tecnológicas. O objetivo é propor modelos matemáticos para prever e controlar a propagação de informações ou doenças infecciosas, mas esse estudo pode ser aplicado a outros sistemas, como o das espécies em uma cadeia alimentar ou redes de aeroportos, que são formadas por voos que conectam pares de cidades.

Os pesquisadores analisam as construções das redes complexas, aquelas em que muitas partes (geralmente milhares) se conectam. No Twitter ou Facebook, por exemplo, cada usuário é um vértice na rede e a interação entre eles forma conexões. Essas conexões podem se dar em vários níveis (patrão e empregado, marido e esposa, pai e filho, colegas de trabalho, amigos de infância, médico e paciente etc). A intenção é descobrir como a estrutura da sociedade, que é um sistema complexo, influencia na propagação de uma informação.

Num primeiro momento, os pesquisadores extraem os dados da web, para então filtrar as informações. Depois, usam os modelos matemáticos para tentar prever os principais propagadores daquele conteúdo. Se for uma epidemia, a partir do mapeamento da propagação, é possível saber quem deve ser vacinado ou isolado para evitar que a doença atinja mais gente. Se for uma informação, onde devo propagá-la para que chegue mais rapidamente a um número maior de pessoas.

Publicações

  1. Francisco A Rodrigues. The impact of information spreading on disease dynamics: Comment on a "Coupled disease-behavior on complex networks: A review" by Z. Wang et al.. Physics of Life Reviews 15:37 - 38, 2015.
    URL, DOI

  2. G Ferraz de Arruda, E Cozzo, T P Peixoto, F A Rodrigues and Y Moreno. Epidemic spreading in interconnected networks: a continuous time approach. ArXiv e-prints, 2015.
    URL

  3. Guilherme Ferraz Arruda, Elcio Lebensztayn, Francisco A Rodrigues and Pablo Martín Rodríguez. A process of rumour scotching on finite populations. Royal Society Open Science 2(9), 2015.
    URL, DOI

  4. Guilherme Ferraz Arruda, André Luiz Barbieri, Pablo Martín Rodríguez, Francisco A Rodrigues, Yamir Moreno and Luciano Fontoura Costa. Role of centrality for the identification of influential spreaders in complex networks. Phys. Rev. E 90:032812, Setembro 2014.
    URL, DOI

Identificação de Talentos Esportivos (iSports)

Notícias Relacionadas

Pesquisadores

Francisco Louzada Neto, Alexandre Maiorano, Anderson Ara Souza

The main goal of this study is to present an innovating online system, built through free softwares and statistics tools that allow a comparison of individuals in any sport modality. Particularly, this shown study is focused in the performance evaluation in soccer, using univariate and multivariate methods.

The multivariate approach is given by the Z-CELAFISCS methodology and the univariate are given through construction of indicators using Principal Component Analysis, Factor Analysis and Copulas.

The created system shows many dynamic reports that allow us to observe the results of the subjects in the tests and who is more suitable for the practice of this sport.

Publicações

  1. Francisco Louzada, Alexandre C Maiorano and Anderson Ara. iSports: A web-oriented expert system for talent identification in soccer. Expert Systems with Applications 44():400 - 412, 2016.
    URL, DOI