ptzh-CNenfrdeitjarues

Sistema de detecção de talentos esportivos conquista prêmio do Comitê Olímpico Brasileiro

Sistema de detecção de talentos esportivos conquista prêmio do Comitê Olímpico Brasileiro

iSports foi desenvolvido por pesquisadores do CeMEAI

 

premio esporte inovacao

 

No último domingo (20), o II Congresso Olímpico Brasileiro, evento organizado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB), concedeu aos criadores do Sistema iSports o Prêmio Esporte Inovação, concurso de soluções para os desafios enfrentados pelo esporte no Brasil. O iSports – Modalidade Judô foi premiado no evento por votação popular.

O projeto, desenvolvido com o apoio do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) e alojado no ICMC-in, utiliza de matemática e estatística para coleta de dados em testes feitos para atletas de judô. O projeto foi validado pela Confederação Brasileira de Judô, com testes sugeridos pela CBJ. Todos os dados coletados são reunidos em uma nota que varia de 0 a 100. Assim, é possível comparar diferentes atletas, mas também o desenvolvimento de um mesmo esportista ao longo do tempo. De acordo com os autores, a metodologia pode ser facilmente replicada para outros esportes.

“O Projeto iSports tem como objetivo principal tornar o esporte mais inclusivo, dando oportunidade de conhecermos talentos esportivos que jamais poderiam ser reconhecidos. Ele funciona como um olheiro virtual, auxiliando na avaliação de atletas a distância”, comenta o professor Francisco Louzada, Coordenador de Transferência de Tecnologia do CeMEAI e um dos vencedores do prêmio.

Além de Louzada, fazem parte da equipe Caroline Godoy, bolsista do CeMEAI, Anderson Ara (UFPR), Leandro Carlos Mazzei (UNICAMP), Marcus Agostinho (CBJ) e José Olívio Júnior (CBJ). O trabalho foi premiado com R$ 15 mil e um dos autores também terá a oportunidade de viver a experiência dos Jogos Olímpicos Paris 2024.

“Essa premiação é o reconhecimento da importância do desenvolvimento de produtos acadêmicos voltados à comunidade e também nos dá um estímulo muito grande para continuarmos nossa luta em oferecer inteligência às entidades nacionais que regulam o esporte e que primam por um esporte de qualidade que possa ser mensurado com precisão”, comemora o professor.

Ex-integrantes do iSports Judô:
• Marcos Jardel Henrique (Estudante de Doutorado)
• Vinícius Loureiro Siqueira (Aluno Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados)
• Wesley Da Silva (Aluno Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados)
• Gustavo Zabotto (Aluno Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados)
• Júlio Trevisan Centanin (Aluno Bacharelado em Estatística e Ciência de Dados)

 

Sobre o CeMEAI  

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) financiados pela FAPESP. O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em três áreas básicas: Ciência de Dados, Mecânica de Fluidos Computacional e Otimização e Pesquisa Operacional. Além do ICMC-USP, CCET-UFSCar / IMECC-UNICAMP / IBILCE-UNESP / FCT-UNESP / IAE e IME-USP compõem o CeMEAI como instituições associadas.

 

Leonardo Zacarin - Comunicação CeMEAI

com informações do Comitê Olímpico Brasileiro

 

Mais informações

Assessoria de Comunicação do CeMEAI: (16) 99151-5648

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Última modificação em Quarta, 06 Abril 2022 16:14